20 maio 2015

'Estado Islâmico' toma cidade histórica na Síria

Militantes do grupo extremista que se autodeclara "Estado Islâmico" tomaram o norte da antiga cidade de Palmira, na Síria, considerada Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco - órgão das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura.
O grupo que monitora a área - Observatório Sírio para Direitos Humanos – disse que um terço de Palmira já foi tomado.
Palmira
Localizada no meio do deserto e próxima a um oásis, Palmira contém as monumentais ruínas de uma cidade que foi um dos mais importantes centros culturais do mundo, segundo a Unesco.
Os membros do "EI" dominaram a região de Tadmur na quinta-feira, localizada em uma rota estratégica leste-oeste próximo a Palmira, e já tinham a intenção de avançar rumo à cidade histórica mas foram contidos pelo exército da Síria.
Agora, há um temor de que o "Estado Islâmico" possa destruir todo o patrimônio histórico da região.
O responsável pelo departamento de patrimônio histórico da Síria, Maamoun Abdul Karim, havia dito que se o "EI" tomasse Palmira, a cidade seria destruída. O grupo extremista já demoliu antiguidades semelhantes no Iraque, principalmente em Mosul, Hatra e Nimrud – eles as veem como símbolos de idolatria.
Militantes do Estado Islâmico podem ter avançado para muito perto de Palmira
Decapitações
Palmira sofreu danos durante os quatro anos de guerra civil na Síria. Fundada há pelo menos 4 mil anos, a cidade fica numa área estratégica para o "EI", entre Damasco e Deir Al-Zour, disputada por forças sírias e pelos militantes. Palmira também fica próxima a campos de exploração de gás natural.
Autoridades sírias temem que militantes depredem as ruínas históricas da cidade
Militantes teriam matado 26 pessoas numa aldeia nas cercanias de Tadmur - 10 delas foram decapitadas -, sob alegação de que eram simpáticas ao regime do presidente sírio, Bashar al-Assad.
A cidade sofreu alguns danos nos quatro anos de guerra civil Síria

Como uma molecagem na escola transformou garoto em multimilionário

Não há muitas pessoas que se tornaram multimilionárias como consequência direta do desrespeito a regras da escola, mas o britânico Jack Cator é uma delas.
Em 2005, Cator, então com 16 anos, estava irritado porque sua escola em Norfolk, no leste da Inglaterra, havia bloqueado o acesso à rede de computadores da instituição. O objetivo era impedir que os alunos acessassem sites de música e jogos.
(HMA)
Britânico Jack Cator, de 26 anos, criou a Hide My Ass (HMA) há uma década, quando ainda frequentava a escola
Mas ele, como exímio programador, decidiu usar seu conhecimento para invadir o sistema.
"Pensei que seria engraçado furar o bloqueio montado pela escola", diz Cator, agora com 26 anos.
Para fazer isso, ele usou um site que simula a impressão digital de um computador, ao roteá-lo por meio de um servidor remoto, normalmente localizado no exterior, e permitindo ao usuário navegar na internet de modo anônimo e privado. Tais sites franqueiam aos usuários acesso à chamada rede privada virtual (VPN, na sigla em inglês).
Cator fez uma dessas redes funcionar, e rapidamente, em vez de usar um computador da escola para pesquisar seu dever de casa, aproveitava para assistir a seus videoclipes preferidos.
Mas descontente com a qualidade dos então provedores de VPN, que, segundo ele, não eram fáceis de usar e veiculavam muita propaganda, Cator decidiu lançar-se a um desafio maior: criar a sua própria rede.
Foi preciso apenas uma tarde sentado no sofá da casa de seus pais para colocar o site de pé, batizado com um nome impossível de sair da cabeça – Hide My Ass (HMA, ou "Esconda o Meu Traseiro").
Dez anos se passaram e Cator acabou de vender seu negócio – do qual ele era o chefe e o único dono – pelo equivalente a R$ 190 milhões.
A HMA, que Cator transformou em uma das maiores empresas de VPN do mundo, sem o aporte de qualquer investidor externo, foi comprada pela gigante de software AVG.
Já a AVG está trazendo para seu portfólio uma empresa com 2 milhões de clientes, um faturamento anual de 11 milhões de libras (R$ 52 milhões) e um lucro que excede 2 milhões de libras (R$ 9,5 milhões). Pelos termos do acordo de compra, Cator continuará como chefe-executivo da HMA.

'Viralização'
HMA permite a usuários acessar sites que podem estar bloqueados
Apesar de ter apenas 16 anos quando criou sua rede, Cator já entendia profundamente sobre arte de promover sites, e também sobre ganhar dinheiro na internet, para se dar conta de que a HMA poderia ser um sucesso comercial.
Naquela época, ele começou a promover o site em fóruns de internet para gerar repercussão.
A HMA ganhava dinheiro com o chamado "programa de afiliados". Em linhas gerais, isso significa receber, por exemplo, uma comissão de um site varejista toda vez que um usuário acessar e compra algo ali por meio de um intermediário, no caso, o site de Cator.
Em um mês após seu lançamento, a HMA já tinha centenas de milhares de usuários espalhados pelo mundo, e faturamento da ordem de 15 mil libras (R$ 71 mil) por ano.
"Fiquei muito surpreso como tudo isso viralizou rápido. Nunca montei um plano de negócios ou nada do gênero", relembra.
"Eu lancei o site inteiro em uma única tarde. Mas se as pessoas acham que é uma boa causa, eles vão compartilhá-lo".
Atualmente, 100 funcionários trabalham no HMA, cujo faturamento dobra a cada ano
Com muito dinheiro no bolso, Cator decidiu permanecer na escola e foi cursar informática na universidade.
Mas em 2009 ele decidiu largar a faculdade para se dedicar integralmente à HMA, criando um serviço pago que possui agora mais de 200 mil assinantes. Juntam-se a esses usuários outros 2 milhões que usam a versão básica gratuita.
Mas para que o seu negócio crescesse, Cator percebeu que precisaria de funcionários, que ele tratou de contratar em um regime de colaboração.
Para começar, ele empregou pessoas com as quais ele nunca havia falado ao telefone, quiçá se encontrado pessoalmente, incluindo um programador de sites de Kiev, na Ucrânia, e um diretor de serviços ao consumidor baseado em Belgrado, na Sérvia. Por muito tempo, eles só se comunicaram por e-mail, com Cator ainda morando na casa dos pais, em Norfolk.
"Eu recomendaria fortemente essa alternativa, porque você não gasta muito, não precisa de um escritório físico, e pode achar pessoas muito talentosas", diz ele.
Mas na medida em que a empresa cresceu, Cator se deu conta rapidamente das limitações desse sistema.
"Uma coisa de que eu me arrependo é não ter aberto um escritório...e transformar o meu negócio em uma empresa de verdade um pouco mais cedo", acrescenta.
"Quando você cresce muito rápido, chega um ponto em que contratar as pessoas remotamente não é ideal – pois há muita confiança em jogo", diz.
Cator diz que nome dado à empresa ajudou a promovê-la
"Em um determinado momento, eu tinha pessoas trabalhando para mim em sete ou oito países, e você não sabe quem elas são até certo ponto", alega.
Cator acrescenta que a gota d'água veio quando um de seus funcionários tentou criar uma empresa concorrente.
Em 2012, o jovem decidiu buscar um teto físico para sua companhia. Ele abriu um escritório e transformou colaboradores de muito tempo em funcionários de tempo integral.
Naquele mesmo ano, Cator se mudou para Londres, onde estabeleceu a sede da HMA no bairro do Soho. Enquanto isso, outros escritórios foram abertos em Belgrado (Sérvia) e em Kiev (Ucrânia).
Atualmente, 100 funcionários trabalham no HMA, cujo faturamento dobra a cada ano.

Polêmica
HMA é bloqueada em vários países, como China e Irã
Provedores de VPN como a HMA oferecem aos usuários numerosas vantagens.
Além de permitir às pessoas acessar sites que, ocasionalmente, estejam bloqueados em determinados países, empresas como a de Cator protegem contra o roubo de informações pessoais por hackers.
No entanto, provedores de VPS ─ que são bloqueados em países como China e Irã – também vêm sendo alvo de críticas.
Enquanto as pessoas podem usá-los para se protegerem na internet, eles também podem ser usados por quem deseja apagar seus rastros nas redes.
Cator diz que a HMA não está mais suscetível a abusos do que qualquer outra companhia de internet, e que sempre fornece qualquer informação solicitada pela polícia.
Com o negócio previsto para crescer fortemente agora sob o controle da AVG, Cator acrescenta que a HMA não foi apenas bem-sucedida por causa do serviço que oferece.
"Nosso nome tem um papel fundamental nisso", brinca ele.
"As pessoas ficam fascinadas – depois que você ouve, não consegue esquecê-lo".
Fonte: http://www.bbc.co.uk/

'Fortão' vira hit ao comprar regata que parece 'vestido'

Um grego fez sucesso nas redes sociais depois que publicou uma foto em que reclama do tamanho de uma regata comprada em uma loja no estado do Texas (EUA). Ele diz que a regata era tamanho XL, mas, quando provou a peça, mais parecia um vestido.
Ele compartilhou a foto na rede social Reddit, e a imagem recebeu mais de 2,6 milhões de visualizações. Alguns usuários disseram que ele comprou um vestido, e não uma regata. Outros brincaram com sua a aparência estilo "lambersexual".
'Fortão' virou hit ao comprar regata que parece 'vestido' (Foto: Reprodução/Reddit/Itscostas)

Prostituta declara-se culpada em morte de executivo do Google

Uma prostituta acusada de matar um executivo do Google ao injetar heroína nele durante passeio em um iate na costa da Califórnia, nos Estados Unidos, declarou-se culpada nesta terça-feira (19), disseram funcionários de um tribunal.
Alix Catherine Tichelman, de 27 anos, foi condenada a seis anos de prisão por um juiz de um tribunal de Santa Cruz, depois que aceitou um acordo judicial que reduziu a acusação de homicídio culposo para involuntário, disse uma autoridade judicial.
Ela também se declarou culpada em outras acusações, incluindo a aplicação de substância controlada, destruição ou ocultação de evidências e prostituição, de acordo com a corte de Santa Cruz.
Promotores disseram que Alix injetou heroína em Forrest Hayes, de 51 anos, durante um encontro no iate do executivo em Santa Cruz, em novembro de 2013.
Os promotores disseram que um vídeo de vigilância dos salões náuticos mostra que Alix não se esforçou para ajudar Hayes. Em vez disso, ela passou por cima do corpo do homem várias vezes antes de sair sem chamar socorro.
Defensores públicos de Alix disseram que ela não tinha a intenção de machucar Hayes e mantiveram que o uso da droga havia sido consensual.
O homem era casado, pai de cinco filhos e trabalhava no laboratório de pesquisa Google X.

Cantora faz música sobre bombados e recebe ameaças pelas redes sociais

Quando resolveu fazer o clipe da música que mais canta em seu show e colocá-lo na internet, a cantora sertaneja Elaine Ces não imaginou a repercussão que iria ter. A música “Cambada de Bombado” fala sobre o gosto das mulheres pelos bombados da academia. Por causa do sucesso, a cantora de São José do Rio Preto (SP) diz que começou a receber ameaças, até de morte, pelas redes sociais, e o caso foi parar na polícia.
As mensagens do tipo, segundo ela, começaram a chegar em 10 de maio e são de pessoas desconhecidas. Assim que apareceram as ameaças mais sérias, Elaine resolveu fazer um boletim de ocorrência para se proteger. Ela conta que um homem, que seria de Balneário Camboriú (SC), chegou a ameaçá-la de morte.
“Sempre tinha uns homens que achavam ruim a brincadeira, mas ninguém chegou a esse ponto. Ele disse que vai me matar igual mataram o MC Daleste, que ninguém vai descobrir. Que ele vai vir para Rio Preto e quebrar garrafa na minha cara”, afirma.
O boletim de ocorrência foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), de Rio Preto. Segundo a delegada Dálice Ceron, a cantora será chamada para dar mais informações. “Como foi uma ameaça, ela poderá dizer se continuará com o processo e fazer uma representação contra ele, ou não”, afirma a delegada.
Em outra ameaça que recebeu, um homem diz que “a música é pejorativa e preconceituosa. Já conheço uma galera querendo saber onde você se apresenta e ir lá para te meter garrafada no meio da tua cara”.
Cantora recebeu ameaça pela internet
(Foto: Arquivo Pessoal)
Elaine diz que fez o clipe em outubro do ano passado e o colocou na internet em novembro. Ela afirma que não esperava essa repercussão, já que só divulga a música na região de Rio Preto. “Um rapaz de Santo André, que nem conheço, postou o clipe na rede social e aí bombou. Teve mais de 2 milhões de visualizações e 50 mil compartilhamentos”, conta.
A cantora diz que faz shows na região de Rio Preto há quatro anos e que a letra é de um amigo compositor. Elaine afirma ainda que já vem interpretando "Cambada de Bombado" há dois anos e que só agora ganhou essa repercussão, mas nunca teve a intenção de ofender ninguém.
“Não fiz a música para ele [rapaz que fez ameaça], nem sei quem é. A música é divertida, achei que eu ia cantar e todo mundo ia dar risada. Todo mundo se diverte, mas ele não levou para esse lado. Ele disse que minha letra era preconceituosa, mas tenho amigos bombados também. Não queria isso, essa repercussão, porque tenho medo. Não sei o que pode acontecer. Não quero ofender ninguém, não sou preconceituosa”, finaliza.
Cantora diz que não tem intenção de ofender ninguém com a música (Foto: Marcos Lavezo/G1)

17 maio 2015

10 propagandas engraçadas com duplo sentido

1— Frutas fazem bem para a saúde
2 — Toma esse leite direito, menina!
3 — Apenas um enroladinho de salsicha
4 — “Bisericórdia”!
5 — “Chupar não mata”
6 — Ah! É o emplacamento!
7 — Dunga saudável
8 — Vai de Sundae ou Banana Split?
9 — Primeiro passo para conseguir uma coroa: flores
10 — Segurança em primeiro lugar
FONTE(S) 

Briga entre gangues rivais deixa ao menos nove mortos no Texas

Um tiroteio deixou vários mortos e feridos no estacionamento de um restaurante na cidade de Waco, no estado norte-americano do Texas, neste domingo (17), segundo informações da Reuters. Ao menos nove pessoas morreram. Mais cedo, informações da rede local KWTX, filial da CBS, divulgaram que dez pessoas tinham morrido.
De acordo com a rede local do Texas KCen News, 18 pessoas ficaram feridas e foram levadas a um hospital, duas delas com gravidade. Ao menos três pessoas envolvidas no crime foram presas no local, ainda segundo a rede. Segundo a KTAB News, ao menos 100 armas foram recolhidas na cena do crime.
Policiais vigiam motociclistas detidos após tiroteio em Waco, no Texas neste domingo (17) (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)
Policiais vigiam motociclistas detidos após tiroteio em Waco, no Texas neste domingo (17) (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)
Os disparos foram feitos durante uma briga entre três gangues rivais de motociclistas. Os envolvidos usaram tacos de basebol e facas antes de sacarem suas armas de fogo, afirmou o sargento Patrick Swanton à KWTX.
Vista do restaurante Twin Peaks, em Waco
(Foto: Reprodução/Twitter/@lpartain_kwtx)
De acordo com a agência Efe, todos os mortos e feridos são motoristas das gangues. A maioria das vítimas carregava armas ou feridas de facas, informou a KCen News. Uma discussão teria começado dentro do estabelecimento chamado Twin Peaks e terminado com os disparos a céu aberto, em frente ao local.
O conflito ocorreu na região central do Texas, em uma área destinada a compras e entretenimento, na tarde deste domingo. Agentes da polícia estavam no local.
"Muita gente inocente pode ter ficado ferida hoje. Estes grupos de motociclistas criminosos são muito perigosos e hostis", afirmou o sargento Swanton ao "Waco Tribune-Herald".
A polícia chegou a efetuar disparos para encerrar o confronto, segundo o policial, que acrescentou que a polícia "salvou vidas ao evitar um arrastamento do conflito" em um dia muito movimentado na área.
Alguns clientes que estavam no estabelecimento chegaram a se esconder nos refrigeradores para proteger-se dos disparos, segundo a rede KWTX. Os donos do Twin Peaks disseram conhecer a rivalidade das gangues, mas mesmo assim permitiam o acesso dos grupos ao local, disse Swanton.
Após o tiroteio, os restaurantes do local fecharam as portas e a polícia prendeu vários suspeitos e interrogou testemunhas. Uma delas, Michelle Logan, de 37 anos, disse que "talvez havia 30 armas no estacionamento, talvez 10 balas foram disparadas".
A cidade de Waco foi palco de um massacre ocorrido em 1993, quando um grupo religioso entrou em confronto com a polícia, resultando na morte de 19 homens, 34 mulheres e 23 crianças, aos quais se somaram mais quatro mortos em confrontos anteriores.
Família deixa local de crime perto do restaurante Twin Peaks, no Texas (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)
Cena do crime que deixou mortos e feridos em estacionamento de restaurante em Wacho, neste sábado (17) (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)
Policial caminha em cena de confronto que deixou mortos e feridos no Texas neste domingo (17) (Foto: Rod Aydelotte/Waco Tribune-Herald via AP)

Recordista de piercings no corpo impressiona em convenção na Grécia

Um participante em particular impressionou o público da Convenção de Tatuagem de Atenas, na Grécia, neste domingo (17). Rolf Buchholz, de 56 anos, exibiu o rosto repleto de perfurações, principalmente na região da boca e das sobrancelhas.
Um piercing no meio da testa entre dois implantes que imitam chifres, quatro grandes alargadores nas orelhas e espessas perfurações no queixo também chamam atenção em seu semblante.
Buchholz é detentor do recorde de número de piercings no corpo, 453 no total. No site do Guinness, aparece detalhada a lista de onde se concentram as perfurações. São 16 na orelha direita, 15 na orelha esquerda, 25 nas sobrancelhas, 8 no nariz, 94 dentro e ao redor dos lábios, 2 na língua, 3 nos mamilos, 4 no umbigo, 8 em lugares aleatórios e impressionantes 278 na área genital.
Os números do Guinness foram aferidos em agosto de 2010.
Rolf Buchholz, de 56 anos, recordista de piercings, participa de convenção de tatuagem em Atenas (Foto: Thanassis Stavrakis/AP)
Na testa, Rolf Buchholz tem implantes que lembram chifres e um piercing entre eles (Foto: Thanassis Stavrakis/AP)

'Vingadores: Era de Ultron' ultrapassa US$ 1,1 bilhão em bilheteria mundial

A Disney e Marvel anunciaram que ‘Vingadores: Era de Ultron’ atinge a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias na sexta-feira (15), 24 dias depois de seu lançamento global. No domingo, atingiu a marca de $1,142,508,000 bilhão
‘Os Vingadores 2’ é o terceiro filme do Marvel Studios a cruzar a barreira bilionária, depois de ‘Os Vingadores’ e ‘Homem de Ferro 3’, além de ser o oitavo da Disney a conseguir o feito.
Em 16 dias, o filme alcançou $ $372,008,000 milhões nos EUA e superou os $343,800,000 milhões de ‘Velozes e Furiosos 7’ neste fim de semana, se tornando o filme mais rentável do ano por lá.
No Brasil, em apenas vinte dias, o fenômeno ‘Vingadores: Era de Ultron’ já conseguiu ultrapassar a marca dos R$ 100 milhões em bilheterias e se aproxima de 7,5 milhões de espectadores no Brasil. Segundo o FilmeB, o blockbuster da Marvel arrecadou mais R$ 16 milhões no último final de semana e manteve a liderança pela terceira semana consecutiva.

14 maio 2015

10 livros censurados e proibidos no mundo

Seja por medo, como um método de controle social, ou rejeição visceral simples, ao longo da história temos censurados ou proibidos todos os tipos de livros. 
Por exemplo, Huckleberry Finn foi e tem sido o assunto das repetidas proibições em escolas (de língua inglesa) devido à utilização da palavra nigger (nigger), um termo usado nos EUA e que adquiriu uma gravidade específica tão alta que até mesmo nos meios de comunicação se referem a ele como a n-palavra . Em 1921, um tribunal dos EUA também declarou uma passagem obscena de Ulysses , de James Joyce  e o livro foi proibido até 1933. Também sofreram cortes Trópico de Câncer, de Henry Miller e Monte Fanny, de John Clevland .
A Austrália considera pornografia a aparição de seios em obras. A autoridade para classificar o material audiovisual no país emitiu essa declaração, porque considera que isso “incentiva os consumidores de pedofilia em seus filmes.” Por razões semelhantes foi censurada Lolita , Nabokov.
Na China, é proibida obra “A Longa Viagem no Tempo”. Os governantes deste país decidiram vetar o uso deste tema na televisão por ser “desrespeitosa da história” e “falta de pensamentos positivos.”
Vamos dar uma olhada no top 10 da proibição e censura: talvez vendo o quão estúpidas são as razões dos outros, descubramos a estupidez que está por trás nossas próprias razões :
1. A Origem das Espécies por Charles Darwin; motivos religiosos fizeram este livro ser proibido em muitos países.

2. O Diário de Anne Frank , Anne Frank: até hoje há pessoas que se opõem a este livro vai ser permitido nas escolas. Outros duvidar da credibilidade do texto.

3. A Arabian Nights : censurado no Egito. Ele foi acusado de conter passagens obscenas, que ameaçavam a integridade moral dos cidadãos.

4. Alice no País das Maravilhas , de Lewis Carroll: proibido na China porque lhe dá as qualidades dos animais, para atuar no mesmo nível como seres humanos.

5. O Código Da Vinci de Dan Brown: no Líbano, os líderes da comunidade católica têm o livro como proibido porque era ofensivo para sua religião.

6. O engenhoso fidalgo Dom Quixote de la Mancha de Miguel de Cervantes foi OBRA censurada em algum momento por “questões morais”.

7. Harry Potter e a Pedra Filosofal , de JK Rowling: nos Emirados Árabes Unidos, este livro foi proibido por supostamente incentivar bruxaria.

8. A Odisséia , de Homero: idéias gregas de liberdade não foram bem recebidas na época do imperador Calígula, por isso, ele tentou vetá-lo.

9. A Bíblia , traduzida por William Tyndale, em sua tradução da Bíblia, Tyndale foi executado em 1536 e depois queimado em público.

10. O Decameron , de Giovanni Boccaccio: foi incluído no “Index Librorum Prohibitorum”, a lista de livros proibidos da Igreja Católica.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...