05 julho 2015

E ela é tão bonita

“Eu não sei se eu vou ter tempo para escrever mais, porque eu posso está muito ocupado tentando participar. Então, se isso acabar sendo a última vez, eu só quero que você saiba que eu estava em um lugar ruim antes de começar o colegial. E você me ajudou. Mesmo que não soubesse do que eu estava falando, ou conhece alguém que passou por isso. Você me fez não me sentir sozinho. Porque eu sei que há pessoas que pensam que essas coisas não acontecem. E há pessoas que esquecem de como é ter 16 anos quando completam 17. Eu sei que serão apenas histórias algum dia. E nossas imagens vão tornar-se fotografias antigas. E todos nós seremos mãe ou pai de alguém. Mas agora, esses momentos não são histórias. Isso está acontecendo. Eu estou aqui. E eu estou olhando para ela. E ela é tão bonita. Eu vejo isso. Um momento em que você sabe que não é uma história triste, você está vivo. E você se levanta e vê as luzes nos prédios, e tudo isso te deixa surpreso. E você está ouvindo essa música nessa estrada, com as pessoas que mais ama neste mundo. E neste momento, eu juro; nós somos infinitos.”
As Vantagens de Ser Invisível 

Cabeleireiras peladas eram segredo de sucesso de salão de beleza na Rússia

Que tal ir cortar o cabelo com uma modelo e receber um strip-tease como serviço extra? Acredite, ou não, essa é mais uma daquelas já conhecidas “bizarrices da Rússia” que fazem cada vez mais fãs ao redor do mundo.
O salão de beleza (que, diga-se de passagem, mostrava as “belezas” até de onde o “sol não bate”) funcionava em Moscou e tinha o diferencial de oferecer modelos, strippers, como cabeleireiras (vídeo abaixo). Durante o atendimento, que poderia ser  corte de cabelo ou até das unhas da mão e do pé, as mulheres tiravam as roupas e trabalhavam completamente peladas. O valor mínimo do serviço era de £ 50 (cerca de R$ 240).
O movimento do local era grande e possuía filas enormes, que se estendiam pela rua. E esses clientes, em sua maioria, bêbados, levaram o empreendimento ao fim, pois, em muitas ocasiões, confundiam as entradas e acabavam em um centro para crianças autistas localizado próximo ao salão. De acordo com a diretora do lugar, os bêbados estavam por toda parte, tentando entrar no prédio, de maneira que as crianças não podiam nem brincar em paz.
Por uma denúncia de comércio de drogas, um policial disfarçado entrou no local para investigar. Logo acabou surpreendido pela oferta de que ele poderia ficar pelado também, caso pagasse £ 100 (quase R$ 500). Segundo o cliente Sergey Voronov contou ao site Metro, do Reino Unido, ao adentrar o local, uma mulher com seios grandes fazia a abordagem oferecendo os serviços da casa. “Quanto mais tempo você gastava com os serviços, mais dinheiro você pagava”, alegou.
O policial disfarçado chegou a receber uma proposta para pagar £ 400 (R$ 1,9 mil), caso desejasse ficar ainda mais tempo que o “necessário para um corte de cabelo” com a moça. Entretanto, os donos do local alegaram que não havia sexo entre as “cabeleireiras” e os clientes, portanto não se caracterizava a prostituição.
Via EmResumo.

Mulher morre nos EUA após ser infectada por ameba comedora de cérebro

Há tempos, dores de cabeça fortes seguidas de vômito são indicações de que há algo errado com o cérebro da vítima, geralmente remetendo a algum tipo de concussão na área. Ainda assim, a última coisa que uma norte-americana de apenas 21 anos esperava quando sentiu esses efeitos é que fosse morrer de uma infecção raríssima em pouco tempo. A moça, residente de Bishop, na Califórnia, foi infectada por uma ameba geralmente encontrada no solo e em águas aquecidas ao resolver sair para nadar na cidade de Reno, no estado de Nevada.
Conforme levantado pelo site do Reno Gazette Journal, a garota – que não teve seu nome divulgado pela família – provavelmente contraiu a chamada Meningoencefalite Amebiana Primária (MAP) no último dia 16 de junho, apresentando todos os sintomas descritos acima. Bastou alguns dias para que sua condição se agravasse consideravelmente, fazendo com que ela sofresse uma parada cardíaca e morresse no dia 20 do mesmo mês. Ela faleceu no Hospital de Reno, vítima da patologia conhecida como “ameba comedora de cérebros”.
Para que a contaminação aconteça conosco, basicamente é necessário que a Naegleria fowleri parta da água para dentro do corpo humano através do nariz. De lá, a ameba transita continuamente até atravessar o crânio e chegar na região do cérebro, onde ela passa a destruir o tecido orgânico. Para os cidadãos locais, a boa notícia é que a MAP não é transmissível de uma pessoa para outra, fazendo com que as autoridades locais precisem apenas investigar o local exato onde a vítima nadou.
De qualquer modo é preciso muita cautela – ou, pelo menos, evitar que a sua cabeça fique submersa – ao entrar em termas aquecidas ou outros parques que contenham águas com as condições ideais para a proliferação da ameba, geralmente entre temperaturas de 35º C e 46º C. Isso porque, segundo o doutor Richard Johnson, ainda que o risco de infecção com a Naegleria fowleri seja baixo, a taxa de mortalidade por conta do estrago feito por sua ação é altíssima, perto dos 100%.
Nos Estados Unidos, por exemplo, já foram registrados 35 casos da doença nos últimos dez anos, com a maioria das infecções ocorrendo após a imersão em fontes e lagos contaminados. Os EUA afirmam ainda que, até agora, apenas três pessoas no mundo conseguiram sobreviver depois de diagnosticadas com a Meningoencefalite Amebiana Primária.
FONTE(S) 

04 julho 2015

Maria Júlia Coutinho, a Maju, é vítima de comentários racistas no Facebook

A jornalista Maria Júlia Coutinho foi alvo de comentários racistas na página do Jornal Nacional no Facebook, em post publicado na noite de quinta-feira.
Alguns internautas escreveram comentários racistas no post que tem uma foto de Maju, e várias pessoas saíram em defesa dela.
Maria Júlia Coutinho, a Maju, em participação no programa 'Altas Horas' (Foto: Globo/Reinaldo Marques)
No Twitter, ela respondeu um comentário agressivo de um internauta. Ela deu um reply e escreveu apenas: "Beijinho no ombro".
William Bonner e Renata Vasconcellos gravaram um vídeo postado no Facebook em que dão um recado, com a equipe do JN. Eles mostraram um cartaz e gritaram a "SomosTodosMaju". No Twitter, a hashtag #SomosTodosMajuCoutinho chegou ao topo dos tópicos mais comentados.
Em dezembro, Maju passou a informar a previsão do tempo no Hora 1, mas de uma forma diferente, mais conversada, como se estivesse na sala do espectador. Desde 27 de abril, está no Jornal Nacional.

Produtos fantásticos que você vai querer ter em casa

1 — Para lacrar novamente o saco de salgadinho ou de qualquer outro alimento

2 — Uma porta que vira mesa de pingue-pongue

3 — Espátula com tesoura para aquelas pizzas que não vêm cortadas direito

4 — Bater o dedinho na quina dos móveis no escuro? Nunca mais!

5 — Para aqueles que não têm tanta habilidade na hora de cortar tomates, cebolas e afins

6 — Chega daquelas marcas que a xícara de café deixa na mesa

7 — O jeito mais prático de dar banho no seu cachorro

8 — Ficar testando chave por chave é um problema do passado

9 — Para quem gosta de uma cervejinha

10 — Desencapador de cabos

11 — Simplesmente sensacional
FONTE(S) 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...