30 junho 2013

Imagens do Holocausto, que ainda chocam e entristecem qualquer ser humano de verdade

Nossa relação com o passado se dá de diferentes formas e a partir da interpretação das experiências vividas, o homem passa a ditar determinadas ações de sua vida cotidiana. Geralmente, as experiências ruins são respondidas com ações e idéias que evitam a repetição de um mesmo infortúnio. Um claro caso desse tipo de relação do passado pode ser notado quando fazemos menção ao Holocausto.
O Holocausto foi uma prática de perseguição política, étnica, religiosa e sexual estabelecida durante os anos de governo nazista de Adolf Hitler. Segundo a ideologia nazista, a Alemanha deveria superar todos os entraves que impediam a formação de uma nação composta por seres superiores. Segundo essa mesma ideia, o povo legitimamente alemão era descendente dos arianos, um antigo povo que – segundo os etnólogos europeus do século XIX – tinham pele branca e deram origem à civilização européia.
Dessa forma, para que a supremacia racial ariana fosse conquistada pelo povo alemão, o governo de Hitler passou a pregar o ódio contra aqueles que impediam a pureza racial dentro do território alemão. Segundo o discurso nazista, os maiores culpados por impedirem esse processo de eugenia étnica eram os ciganos e – principalmente – os judeus. Com isso, Hitler passou a perseguir e forçar o isolamento em guetos do povo judeu da Alemanha.
Dado o início da Segunda Guerra, o governo nazista criou campos de concentração onde os judeus e ciganos eram forçados a viver e trabalhar. Nos campos, os concentrados eram obrigados a trabalhar nas indústrias vitais para a sustentação da Alemanha na Segunda Guerra Mundial. Além disso, os ocupantes dos campos viviam em condições insalubres, tinham péssima alimentação, sofriam torturas e eram utilizados como cobaias em experimentos científicos.
É importante lembrar que outros grupos sociais também foram perseguidos pelo regime nazista, por isso, foram levados aos campos de concentração. Os homossexuais, opositores políticos de Hitler, doentes mentais, pacifistas, eslavos e grupos religiosos, tais como as Testemunhas de Jeová, também sofreram com os horrores do Holocausto. Dessa forma, podemos evidenciar que o holocausto estendeu suas forças sobre todos aqueles grupos étnicos, sociais e religiosos que eram considerados uma ameaça ao governo de Adolf Hitler.
Com o fim dos conflitos da 2ª Guerra e a derrota alemã, muitos oficiais do exército alemão decidiram assassinar os concentrados. Tal medida seria tomada com o intuito de acobertar todas as atrocidades praticadas nos vários campos de concentração espalhados pela Europa. Porém, as tropas francesas, britânicas e norte-americanas conseguiram expor a carnificina promovida pelos nazistas alemães.
Depois de renderem os exércitos alemães, seus principais líderes foram julgados por um tribunal internacional criado na cidade alemã de Nuremberg. Com o fim do julgamento, muitos deles foram condenados à morte sob a alegação de praticarem crimes de guerra. Hoje em dia, muitas obras, museus e instituições são mantidos com o objetivo de lutarem contra a propagação do nazismo ou ódio racial.
Câmara de gás:

O homem que fez um colete para salvar a vida de seu peixe

Essa é uma daquelas histórias adoráveis para recuperar sua fé na humanidade. Leighton Naylor tem um peixe de estimação chamado Einstein. Ele fez um colete salva-vidas para seu pet depois que ele desenvolveu uma doença que o impedia de nadar. Sim, um peixe que não pode nadar!
A doença do pobre Einstein fazia com que ele virasse de ponta-cabeça e afundasse em seu aquário, mas seu dono salvou sua vida. Usando alguns tubos reciclados, fez uma estrutura flutuante para que o peixe conseguisse manter-se imerso, mas sem afundar. É também pelos tubos que Einstein come, porque não consegue atingir a superfície para pegar a ração. Uma história de amolecer até os corações mais duros!
fish-lifejacket-1
fish-lifejacket-4
fish-lifejacket-3

Contos macabros: Mulher mata o marido, corta pênis e dorme 19 dias ao lado do corpo

Um crime com requintes de crueldade foi desvendado por policiais da 58ª DP (Posse): uma mulher matou o marido a facadas, decepou o pênis dele e dormiu ao lado do corpo durante 19 dias. O assassinato aconteceu no bairro Cerâmica, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Luzinete Silva de Paula, de 50 anos, foi presa nesta segunda-feira. 
Levada para a delegacia, ela chorou, confessou o crime e disse estar arrependida. 
Alegou que teve uma crise de ciúmes e, por isso, assassinou Antônio Joaquim de Carvalho, de 78 anos, em 28 de maio. 
- Achei que ele tinha um caso com outra mulher. Depois, fiquei esse tempo com o corpo porque a minha mente estava bloqueada. Durante esses dias, não comi. Só tomei café e fumei - contou ela. 
Os policiais chegaram até Luzinete depois de receberem uma denúncia de vizinhos. Eles sentiram um forte cheiro saindo da residência onde o casal morava. Na cama, eles encontraram o corpo de Antônio, em avançado estado de decomposição. Ao lado, um colchonete onde a acusada dormia. 
Segundo policiais da 58ª DP, Luzinete passará por avaliação psicológica. Os agentes disseram ainda que ela já foi presa por roubo, furto e uso de drogas. 

Jovem é estuprada em UTI de Santos

O tio da jovem de 22 anos, que afirma ter sofrido abuso sexual na UTI de um hospital em Santos, no litoral de São Paulo, afirma que a sobrinha ligou para a família imediatamente para pedir socorro. Ele conta ainda que o suspeito se disse inocente o tempo todo, mas que a família vai lutar por Justiça.
O comerciante Luis Santos Menezes explica que a sobrinha, que está grávida de quatro meses, ligou para a família aos prantos após sofrer abusos de um auxiliar de enfermagem, de 47 anos. “Ficamos sabendo por telefone, ela pegou o celular que estava com ela e ligou para nós umas 2h, dizendo que tinha sido molestada pelo enfermeiro e que ele teria tentado estuprá-la. As próprias enfermeiras chamaram a polícia e ele se fazia de vítima, só que nós não estávamos sabendo dos precedentes que ele já tinha, em relação a estupro”, diz Luis.
O tio conta que a jovem ficou bastante abalada. “Estive com ela e estava muito agitada, está se sentindo humilhada. Estamos preocupados porque ela está com quatro meses de gestação e está com sérios problemas pulmonares. Os médicos estão fazendo baterias de exames, isso já causa um transtorno para ela, e ontem o que ela sofreu foi uma humilhação", explica o tio.
A família diz que não tem nenhuma reclamação referente a problemas no hospital, apenas da situação com o enfermeiro na madrugada. "Não tenho queixas do hospital em relação à equipe médica, mas um funcionário desse denigre a imagem do hospital e tem que ser tomada providência para que não aconteça com outras pessoas, como foi ela poderia ter sido com uma criança. Isso para mim é um animal, desculpe, mas é um animal”, desabafa o tio da vítima.
Segundo o familiar, o suspeito alegou inocência. “Ele falava que ela podia estar dopada e imaginando coisas, mas uma pessoa dopada não vai pegar um celular e ligar pedindo socorro como ela fez, por mais que a medicação seja forte, isso não vem ao caso. Mas essa pessoa tem antecedente, então quem é errado? Ela está mentindo ou ele está mentindo? Se ele não tivesse antecedente, nós até poderíamos relevar alguma coisa”, diz Luis. O suspeito, preso em flagrante, tinha passagens pela polícia por estupro e atentado ao pudor.
Luis afirma que a família espera que alguma providência seja tomada para contornar a situação. “Infelizmente sofri uma humilhação ontem. A família quer que a Justiça seja feita, que seja averiguado o que ocorreu realmente, que a polícia tome providência e que o hospital tome as providências também com o funcionário. Ela se batia, chorava muito, a mãe está com ela para evitar que fique mais nervosa, mas queremos Justiça”, finaliza o tio.
Em nota, o Hospital Guilherme Álvaro informou que abriu sindicância para apurar o caso e que o auxiliar de enfermagem foi, imediatamente, afastado de suas funções. A nota diz ainda que o hospital está à disposição para quaisquer esclarecimentos às autoridades e à família da paciente.
Tio da vítima diz que jovem está abalada (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)

29 junho 2013

Veja o que que piercings e alargadores podem fazer com você

Imagens chocantes mostrando os efeitos que uma colocação mal feita, falta de higiene tanto do profissional quanto da pessoa, rejeição do corpo pelo material utilizado ou a manipulação de pessoas não qualificadas, pode fazer com seu corpo. Muito cuidado ao escolher o profissional que irá fazer a perfuração. Tenho certeza que depois de ver as fotos abaixo você irá pesquisar melhor os lugares caso queira colocar um.
Não faça nada sem antes saber se o local é limpo e bem recomendado.
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores
Piercings e Alargadores

Serial killer: Pedro Rodrigues Filho, o Pedrinho Matador

Atuante nas décadas de 1960 e 70, Pedrinho Matador é quase um Dexter brasileiro: assim como o serial killer do seriado americano, algumas das vítimas de Pedro Rodrigues são criminosos. O assassino mineiro, nascido em Santa Rita do Sapucaí, começou a matar aos 14 anos de idade. Foi preso em maio de 1973 e, dentro da prisão, ele assassinou pelo menos 47 companheiros de cárcere. Apesar de condenado a 126 anos de prisão, Pedrinho seria liberado em 2003 já que a lei brasileira só permite que os presos fiquem atrás das grades por 30 anos. As mortes no interior dos presídios agravaram sua pena, no entanto, e ele só foi liberado em 24 de abril de 2007. Em 2011, aos 57 anos, foi preso novamente em Santa Catarina, condenado pela participação em seis motins e um cárcere privado, na época em que ainda estava preso.

Imagens de um cotidiano maluco dos seres humanos

Em foto de 14 de fevereiro de 2012, motorista foi flagrado transportando uma geladeira de no bagageiro de um carro em Havana, Cuba (Foto: Franklin Reyes/AP)
Em foto de 14 de fevereiro de 2012, motorista foi flagrado transportando uma geladeira no porta-malas de um carro em Havana, Cuba (Foto: Franklin Reyes/AP)
Em 11 de agosto de 2011, um indiano foi flagrado carregando a parte da frente de um caminhão em um triciclo na cidade de Ahmedabad (Índia) (Foto:  Amit Dave/Reuters)
Em 11 de agosto de 2011, um indiano foi flagrado carregando a parte da frente de um caminhão em um triciclo na cidade de Ahmedabad (Índia) (Foto: Amit Dave/Reuters)
Em 19 de julho de 2011, um homem foi flagrado em Hanói, no Vietnã, carregando peças de um porco carneado em uma motoneta (Foto: Reuters)
Em 19 de julho de 2011, um homem foi flagrado em Hanói, no Vietnã, carregando peças de um porco carneado em uma motoneta (Foto: Reuters)
Em 18 de janeiro de 2011, um paquistanês foi flagrado carregando a parte frontal de uma van em um carrinho de mão em uma estrada em Rawalpindi, no Paquistão (Foto: Anjum Naveed/AP)
Em 18 de janeiro de 2011, um paquistanês foi flagrado carregando a parte frontal de uma van em um carrinho de mão em uma estrada em Rawalpindi, no Paquistão (Foto: Anjum Naveed/AP)
Em 13 de maio de 2012, um motociclista foi flagrado levando uma geladeira, além de um passageiro sentado sobre o eletrodoméstico, em sua moto em uma estrada em Lahore, no Paquistão (Foto: K.M. Chaudary/AP)
Em 13 de maio de 2012, um motociclista foi flagrado levando uma geladeira, além de um passageiro sentado sobre o eletrodoméstico, em sua moto em uma estrada em Lahore, no Paquistão (Foto: K.M. Chaudary/AP)
Em dezembro de 2011, um chinês foi fotografado andando em uma motoneta supercarregada em uma rua em Xangai. A carga era maior do que o próprio veículo (Foto: Peter Parks/AFP)
Em dezembro de 2011, um chinês foi fotografado andando em uma motoneta supercarregada em uma rua em Xangai. A carga era maior do que o próprio veículo (Foto: Peter Parks/AFP)

Mulher é condenada à prisão perpétua por cortar pênis do marido

Um juiz sentenciou à prisão perpétua com possibilidade de condicional uma mulher no sul da Califórnia que decepou o pênis de seu marido e o jogou no triturador de lixo.
Catherine Kieu, 50, foi considerada culpada por um júri de Orange County em abril por mutilação grave e tortura após a agressão contra seu ex-marido em julho de 2011.
Ela drogou o ex-marido antes de atá-lo e decepar seu pênis com uma faca. Ela então jogou o órgão genital em um triturador de lixo.
O casal estava em processo de divórcio.
Um advogado de Kieu, nascida no Vietnã, argumentou no julgamento que ela havia sofrido abuso sexual em sua infância, o que a deixou com estresse pós-traumático. Ela demonstrou remorso sobre o ataque, disse ele.
Após a audiência, a vítima - identificada apenas como "Glen" - disse que desejava que o juiz Richard Toohey tivesse aplicado uma sentença mais dura, noticiou o "City News Service".
"No interior, eu esperava uma sentença mais pesada, mas dadas as restrições da lei, é o que ele tinha de fazer", disse ele. "Pode haver uma situação em que eu posso ser feliz, mas completamente? Nunca", afirmou.
Catherine Kieu, condenada à prisão perpétua, disse sentir remorso pelo crime (Foto: Reuters)

Jovem morta a marteladas mudou após começo do relacionamento com o marido

A bancária Talita Juliane Peixoto Paiva, de 24 anos, morta a marteladas na madrugada de terça-feira, mudou radicalmente seu comportamento há pouco mais de dois anos, após o início do relacionamento com o marido, apontado pela Divisão de Homicídios como autor do crime. Uma vizinha do casal, que preferiu não se identificar, contou que o analista de sistemas Mario Henrique Rodrigues Lopes, de 28 anos, era ciumento e possessivo.
- A Talita já morava aqui no prédio antes de o marido vir pra cá, e nessa época ela era outra pessoa. Depois que passou a se relacionar com Mario, mudou totalmente. Antes, era carinhosa, falava com todo mundo, tinha vários amigos. Quando estava com ele, mal falava com as pessoas. E ele era muito esquisito. Não cumprimentava ninguém. Estamos revoltados - desabafa.
De acordo com a polícia, a jovem foi morta a marteladas pelo próprio marido

28 junho 2013

DISFARCE

Os meus pedaços disfarço,
em jogos de sorrisos,
em poemas imprecisos,
nos olhares perdidos
para lugar algum

Os meus pedaços disfarço,
no improviso das vontades,
na dor da pura verdade,
nos sonhos proibidos,
nas palavras que não vêm 

Os meus pedados disfarço,
na solidão dos anseios,
na escuridão dos sentidos
na musica alta que toca
em meus ouvidos.

Os meus pedaços disfarço,
no sufoco dos meus planos,
nos atalhos dos enganos,
nas gavetas da saudade
na desculpa da idade.

Os meus pedaços disfarço,
no vagar da madrugada insone
nas horas que me sopram versos,
e nos versos que nascem sem-hora.
Rosa Berg

Nos 25 anos de 'Os fantasmas se divertem', saiba como estão atores

Há 25 anos, em junho de 1988, "Os fantasmas se divertem" estreava nos cinemas brasileiros. O segundo longa de Tim Burton, que antes havia lançado apenas "As grandes aventuras de Pee-Wee" e curtas-metragens, tinha como protagonista Beetlejuice, um “exorcista de vivos”, interpretado por Michael Keaton.
No filme, Barbara e Adam Maitland formavam um jovem casal que morria em um acidente após o casamento. Apegados à casa dos sonhos, eles se recusavam a sair do lugar e ficavam indignados quando os excêntricos Deetz compravam o imóvel e se mudavam para lá.
Na tentativa de expulsar a nova família de moradores, o casal contratava os serviços de Beetlejuice, que podia ser invocado caso seu nome fosse pronunciado três vezes. Mas o exorcista se mostrava não apenas inconveniente, mas também maligno, e os Maitland e os Deetz acabavam unidos para tentar se livrar dele.
Além de Burton, ‘Os fantasmas se divertem’ também ajudou a alavancar a carreira de seus atores principais, que tiveram na comédia de humor negro seu primeiro grande sucesso. Além disso, o filme deu origem a uma série de desenhos animados. Mas nem todo mundo teve tanta sorte. Outros integrantes do elenco não repetiram o sucesso em seus trabalhos posteriores. Veja a seguir o que fizeram nestes últimos 25 anos os intérpretes dos dez principais personagens de "Os fantasmas se divertem".
Michael Keaton (Beetlejuice)
Michael Keaton em 'Os fantasmas se divertem' e '30 rock' (Foto: Divulgação)
Michael Keaton em 'Os fantasmas se divertem' e '30 rock' (Foto: Divulgação)
O intérprete de Beetlejuice tinha pouco mais de dez anos de carreira em 1988. Um ano depois, ele voltou a trabalhar com Tim Burton, que o transformou em Batman. Keaton interpretou o super-herói novamente em "Batman – o retorno" (1992) e atuou em filmes como "Jackie Brown" e "A um passo da glória", além de dublar o boneco Ken em "Toy story 3" e aparecer na série "30 rock". Em 2014, ele poderá ser visto na nova versão de "RoboCop", dirigida pelo brasileiro José Padilha.
Alec Baldwin (Adam Maitland)
Alec Baldwin em 'Os fantasmas se divertem' e 'Para Roma com amor' (Foto: Divulgação)
Alec Baldwin em 'Os fantasmas se divertem' e 'Para Roma com amor' (Foto: Divulgação)
O ator construiu um enorme currículo nos últimos 25 anos, atuando em filmes de diversos gêneros e sendo até indicado ao Oscar por seu papel em "The cooler – quebrando a banca" (2003). Mas, além de trabalhar com diretores como Martin Scorsese, Robert De Niro e Woody Allen (em "Para Roma com amor"), se tornou extremamente popular com a série de TV "30 rock". Em 2013, volta aos cinemas com "Blue Jasmine", nova parceria com Woody Allen.
Geena Davis (Barbara Maitland)
Geena Davis em 'Os fantasmas se divertem' e 'Accidents happen' (Foto: Divulgação)
Geena Davis em 'Os fantasmas se divertem' e 'Accidents happen' (Foto: Divulgação)
Davis ganhou Oscar de coadjuvante por "O Turista Acidental" (1988), foi indicada a melhor atriz por "Thelma & Louise" (1991), bancou a pirata em "A ilha da garganta cortada" e foi a carinhosa mãe de um ratinho na trilogia "O pequeno Stuart Little". No início dos anos 2000, chegou até a ter sua própria série de TV, chamada "The Geena Davis Show". Nos últimos anos, tem trabalhado pouco, sendo seu filme mais recente "Accidents happen", de 2009. Em 2013, ela estreia o independente "In a world..." e lança um filme para TV, ainda sem título, no qual será uma caçadora de recompensas.
Winona Ryder (Lydia Deetz)
Winona Ryder em 'Os fantasmas se divertem' e 'Cisne negro' (Foto: Divulgação)
Winona Ryder em 'Os fantasmas se divertem' e 'Cisne negro' (Foto: Divulgação)
A atriz estourou com o filme e na sequência atuou em outros sucessos como "A fera do rock", "Edward mãos de tesoura" (novamente com Tim Burton), "Minha mãe é uma sereia", "Adoráveis mulheres" e "Garota, interrompida", entre outros. Mas depois de ser flagrada roubando roupas em uma loja, sua carreira foi seriamente abalada e ela levou anos para limpar a imagem. Recentemente, seus papéis de maior destaque foram em "Cisne negro" e dublando uma personagem da animação "Frankenweenie", trabalho que marcou seu reencontro com Burton. Em 2014, ela irá aparecer em "Homefront", um filme com roteiro de Sylvester Stallone e no qual contracena com James Franco e Jason Statham.
Catherine O’Hara (Delia Deetz)
Catherine O'Hara em 'Os fantasmas se divertem' e 'Par perfeito' (Foto: Divulgação)
Catherine O'Hara em 'Os fantasmas se divertem' e 'Par perfeito' (Foto: Divulgação)
A atriz ficou famosa dois anos após o filme como a mãe de Kevin (Macaulay Culkin) na franquia "Esqueceram de mim". Mas ainda manteve uma relação próxima com Tim Burton, dublando personagens nas animações "O estranho mundo de Jack" e "Frankenweenie". O’Hara fez participações em várias séries, como "A sete palmos" e "Curb your enthusiasm", mas também atuou em filmes como "Wyatt Earp", "Desventuras em série" e "Par perfeito". Apenas em 2013, quatro filmes com a atriz serão lançados, entre eles o drama "Rememory", com Peter Dinklage (da série "Game of thrones").
Jeffrey Jones (Charles Deetz)
Jeffrey Jones em 'Os fantasmas se divertem' e 'Deadwood' (Foto: Divulgação)
Jeffrey Jones em 'Os fantasmas se divertem' e 'Deadwood' (Foto: Divulgação)
O intérprete do pai de Lydia já era conhecido como o diretor da escola de "Curtindo a vida adoidado" e depois atuou em filmes como "Caçada ao outubro vermelho" e "Advogado do diabo". Ele também voltou a se reunir com Tim Burton em "Ed Wood" e "A lenda do cavaleiro sem cabeça" e com as colegas de elenco Winona Ryder, em "As bruxas de Salém", e Geena Davis, em "O pequeno Stuart Little". Mas em 2002 foi preso, sob a acusação de pornografia infantil. Novas detenções aconteceram em 2004 e 2010, porque o ator não cumpriu as regras de sua condicional, e sua carreira praticamente acabou. Seu último trabalho foi na série "Deadwood", em 2006. Em 2012, esteve em "Hemingway & Gellhorn", filme da HBO sobre o escritor Ernest Hemingway, mas seu papel era tão pequeno que sequer foi creditado.
Sylvia Sydney (Juno)
Sylvia Sydney em 'Os fantasmas se divertem' e 'Marte ataca!' (Foto: Divulgação)
Sylvia Sydney em 'Os fantasmas se divertem' e 'Marte ataca!' (Foto: Divulgação)
A integrante mais velha do elenco estreou no cinema aos 15 anos, ainda na década de 20, e atuou com Spencer Tracy, Henry Fonda e Cary Grant. "Os fantasmas se divertem" foi um de seus últimos filmes. Além de pequenas participações em séries de TV, ela só trabalhou em mais dois longas antes de falecer em 1999, um mês antes de completar 89 anos: "Romance de outono" e "Marte ataca!", mais uma vez dirigida por Tim Burton. Seu último papel foi o de Clia na nova versão da série "Ilha da fantasia", um ano antes de sua morte.
Patrice Martinez (Recepcionista)
Patrice Martinez em 'Os fantasmas se divertem' e 'Zorro' (Foto: Divulgação)
Patrice Martinez em 'Os fantasmas se divertem' e 'Zorro' (Foto: Divulgação)
A responsável por receber os recém-falecidos na comédia de Tim Burton teve um papel na série de TV "Magnum" mais ou menos na mesma época do filme, mas depois disso conseguiu fazer apenas mais um filme, "The effects of magic", em 1998. A atriz conquistou, no entanto, um papel fixo na série "Zorro", aparecendo como Victoria Escalante em mais de 80 episódios entre 1990 e 1993. Quase vinte anos depois, em 2011, ela fez uma nova participação no programa, desta vez como a personagem Doña Maria Costanza Arellaga.
Glenn Shadix (Otho)
Glenn Shadix em 'Os fantasmas se divertem' (Foto: Divulgação)
Glenn Shadix em 'Os fantasmas se divertem' (Foto: Divulgação)
O ator também voltou a trabalhar com Tim Burton, dublando o prefeito de "O estranho mundo de Jack" (1993) e atuando no remake de "O planeta dos macacos" (2001). Mas o ator se especializou mesmo em dublagens, cedendo a voz a personagens dos desenhos "O Máskara", "A vaca e o frango", "As aventuras de Jackie Chan" e "Jovens titãs", entre outros. Com problemas de mobilidade e usando uma cadeira de rodas, Shadix sofreu uma queda em sua casa e bateu a cabeça, morrendo em decorrência dos ferimentos em setembro de 2010. Sua última aparição foi no filme "Finding Gauguin", lançado naquele mesmo ano.
Annie McEnroe (Jane Butterfield)
Annie McEnroe em 'Os fantasmas se divertem' (Foto: Divulgação)
Annie McEnroe em 'Os fantasmas se divertem' (Foto: Divulgação)
A atriz não fez muita coisa depois de aparecer como a corretora que vende a casa assombrada de "Os fantasmas se divertem". Embora seu nome conste nos créditos de filmes como "Nascido em 4 de julho", "The Doors" e "Wall Street: o dinheiro nunca dorme", ela sempre fez apenas pontas inexpressivas, como uma secretária ou convidada de uma festa, por exemplo. Para se ter uma ideia da sua falta de sorte, o último papel creditado foi na comédia "The hebrew hammer", de 2003, que deu prejuízo nas bilheterias, mesmo tendo no elenco atores como Andy Dick, Judy Greer e Peter Coyote.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...