20 dezembro 2016

Graças a Rogue One, Disney se torna o primeiro estúdio a arrecadar mais de US$ 7 bilhões em um único ano

Faltando pouco mais de 10 dias para o final de 2016, a Disney conseguiu fazer deste ano o mais rentável de sua história. A companhia quebrou todos os recordes e estabeleceu uma nova marca a ser batida ao arrecadar US$ 7 bilhões nas bilheterias mundiais.
A meta foi atingida graças ao desempenho fenomenal de Rogue One: Uma História Star Wars, que estreou no último final de semana e já arrecadou impressionantes US$ 290 milhões e deve dominar as salas de cinema durante as festas de final de ano.
Até ser superado, o estúdio que detinha o recorde de arrecadação anual nas bilheterias era a Universal Pictures, que terminou 2015 com uma arrecadação total nas bilheterias globais de US$ 6.89 bilhões, depois de lançar produções como Velozes & Furiosos 7, Cinquenta Tons de Cinza e Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros.
Em 2016, a Disney se tornou o estúdio cinematográfico que mais rápido arrecadou US$ 2 bilhões nos Estados Unidos, US$ 3 bilhões em territórios internacionais e US$ 5 bilhões globalmente.
O sucesso financeiro da The Walt Disney Company foi alcançado graças a produções de suas subsidiárias, incluindo aí a Marvel Studios, Lucasfilm, Pixar Animation Studios, além, é claro da Walt Disney Studios e Walt Disney Animation Studios.
Filmes como Procurando Dory, Capitão América: Guerra Civil e Zootopia - Essa Cidade é o Bicho conseguiram, sozinhos, arrecadar mais de US$ 1 bilhão - Mogli - O Menino Lobo chegou perto, com US$ 966 milhões arrecadados. Houve ainda alguns fracassos de crítica e público, como Alice Através do Espelho (arrecadou US$ 299 milhões) e O Bom Gigante Amigo (US$ 178 milhões).
"Esta conquista histórica é possível porque nossos estúdios estão oferecendo o melhor que há, contando grandes histórias de todo tipo que impactam públicos de todos os países, gêneros e gerações", afirmou Alan Horn, presidente da Walt Disney Studios, em um comunicado.
Imagem relacionada
Conteúdo criado por AdoroCinema

18 dezembro 2016

O manequim de uma mulher congelada que enganou a polícia de Nova York

Tudo começou na última sexta-feira quando uma pessoa, que foi descrita como "alterada", ligou para a polícia do Estado de Nova York para informar que "uma mulher havia morrido congelada" em um carro estacionado na cidade de Hudson.
De acordo com a mídia local, quando os policiais chegaram ao lugar indicado na ligação encontraram "uma pessoa imóvel" no banco do passageiro, usando cinto de segurança.
A "mulher" era idosa e usava uma máscara de oxigênio no rosto.
O carro estava coberto de neve, o que sugeria que ele havia permanecido na rua durante a noite sob temperaturas de cerca de -13ºC.
Mas, quando a polícia entrou no veículo para resgatar a mulher, descobriu que se tratava de um manequim.

Realista
Os oficiais afirmaram que era um manequim "extremamente realista". Usava roupas, óculos e sapatos reais, tinha dentes e manchas na pele.
Quando o dono do objeto foi encontrado, disse que ele fazia parte de seu equipamento de treinamento de primeiros socorros.
O proprietário do boneco também reclamou das ações da polícia, que quebrou o vidro de seu carro na operação de resgate.
"Ficamos sabendo que o dono não conseguia acreditar nas ações que a polícia tomou neste caso", disse o chefe de polícia L. Edward Moore em um comunicado.
"Aparentemente, ele falou de maneira muito forte e vulgar com o meu sargento."
Moore também mandou uma mensagem para os donos de manequins em toda a cidade:
"Só para esclarecer algo que todos os cidadãos de Hudson devem saber. Se você parar seu carro trancado na rua em uma noite de temperatura abaixo de zero com um manequim realista sentado dentro dele... nós vamos quebrar seu vidro."
O manequim usava roupas, sapatos e óculos reais, tinha dentes e manchas no rosto, representando uma senhora (Foto: Departamento de Polícia de Hudson)
Fonte: G1

Itaipu desbanca 'Três Gargantas' e é líder mundial na produção de energia

A hidrelétrica de Itaipu, compartilhada por Paraguai e Brasil, alcançou aos dez primeiros minutos deste sábado (17) a produção de 98.800.319 milhões de megawatts-hora, superando a própria marca de produção anual de energia, e desbancou o recorde mundial obtidos pela usina de Três Gargantas, na China.
A marca foi alcançada 13 horas depois que a Itaipu superou seu recorde de 98,6 milhões de megawatts-hora, registrado em 2013. Desde a entrada em operação de sua primeira unidade geradora, em maio de 1984, Itaipu já produziu mais de 2,4 bilhões de megawatts-hora, energia suficiente para atender a demanda do mundo inteiro por 40 dias, conforme informou a usina.
A previsão é que Itaipu supere na próxima quarta-feira (21) os 100 milhões de megawatts-hora produzidos em um ano, um número sem precedentes, de acordo com a empresa.
Para refletir o impacto da produção, a usina afirmou que os 98,6 milhões de megawatts-hora seriam suficientes para abastecer o consumo do Brasil durante dois meses e 15 dias. E o Paraguai ao longo de quase sete anos.
A Itaipu Binacional foi criada há 42 anos para administrar a construção da usina e colocá-la em funcionamento em 1984. A usina possui 14 mil megawatts de potência instalada, o que atende a 17% da demanda energética do Brasil e 75% do Paraguai.
Resultado de imagem para Itaipu
Vertedouro de Itaipu aberto. (Foto: Divulgação/Itaipu Binacional)
Fonte: G1

Começa na China construção de réplica do Titanic em tamanho real

Uma réplica em tamanho real do Titanic, o transatlântico que naufragou em 1912 causando a morte de mais de 1.500 pessoas, começou a ser construído na província central de Sichuan, na China, onde seus promotores esperam que se transforme em um atrativo turístico, informou nesta quinta-feira (1º) a imprensa local.
O navio, com os mesmos 270 metros de comprimento e 28 de largura que o original, será colocado em um reservatório da cidade de Daying, onde permanecerá atracado permanentemente, e fará parte do resort turístico de luxo Seven Star International, destacou a agência oficial "Xinhua".
Construção da réplica do Titanic em Daying, província de Sichuan. (Foto: Reuters)

A construtora da embarcação, Wuchang Shipbuilding Industry Corporation, prometeu que o navio será fiel ao projeto do Titanic original e contará como este com sala de festas, teatro, piscina e quartos de primeira classe, nos quais se tentará recriar o estilo de vida dos passageiros da época.
Quando as obras do novo navio terminarem, algo que se prevê em meados de 2019, os promotores da obra farão em seu interior festas de época e banquetes, nos quais o menu deve ser muito similar ao servido no Titanic em 1912, embora como concessão à modernidade a embarcação contará com conexão wifi.
A obra, que contou com a assessoria de projetistas britânicos e americanos, custará 1 bilhão de iuanes (US$ 145 milhões).
Construção da réplica do Titanic. (Foto: Reuters)

O jornal "South China Morning Post" antecipou, além disso, que os turistas que visitam o novo navio poderão participar de simulações que através de novas tecnologias vão lhes permitir "experimentar um pouco do horror" que os viajantes viveram naquela noite do dia 14 de abril de 1912, na qual o Titanic afundou após se chocar com um iceberg no Atlântico norte.
Uma noite nos quartos mais baratos do novo navio custará ao redor de 3.000 iuanes (cerca de US$ 430), enquanto para pernoitar nos camarotes mais luxuosos o hóspede terá que pagar centenas de milhares de iuanes (dezenas de milhares de dólares), anunciou o jornal de Hong Kong.
A história do Titanic é muito popular na China, especialmente por causa do sucesso que o filme homônimo de James Cameron teve entre os espectadores chineses, sobretudo por sua versão remasterizada em 3D, que estreou em 2012 - no centenário do naufrágio - e que teve uma bilheteria tão grande no gigante asiático quanto nos EUA.
Essa popularidade encorajou a construção da réplica, embora o projeto, que a princípio ia começar em 2013, atrasou alguns anos, por razões não reveladas.
Fonte: G1

15 dezembro 2016

Aranha é batizada em homenagem a personagem de 'Harry Potter'

Cientistas indianos descobriram uma nova espécie de aranha que se parece "estranhamente" com o Chapéu Seletor da série Harry Potter e deram a ela o nome de seu dono, Godric Gryffindor, informaram nesta quinta-feira (15).
Os cientistas, fãs ardorosos do pequeno bruxo, se depararam com a aranha de sete milímetros em outubro do ano passado na exuberante cordilheira dos Gates Ocidentais, no sudoeste da Índia.
"Meus colegas e eu somos geeks e todos nós pensamos 'Ei, essa aranha curiosa se parece exatamente com o Chapéu Seletor'. Era estranhamente similar", declarou o cientista Javed Ahmed à AFP.
"Então fizemos um pacto de que, se fosse uma nova espécie, iríamos nomeá-la em homenagem ao Chapéu Seletor", acrescentou, referindo-se ao chapéu mágico que distribui os alunos nas diferentes casas da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts na famosa saga.
Cientistas acharam nova espécie parecida com Chapeu Seletor, da saga Harry Potter (Foto: SUMUKHA J.N / AFP)
Em junho, Ahmed, que vive em Mumbai, e seus colegas cientistas estavam 100% certos de que ela era uma espécie nova, então foram em frente e nomearam esta aranha pontiaguda e de hábitos noturnos de Eriovixia gryffindori.
Uma análise feita por especialistas confirmou que a aranha, que imita a forma de folhas para evitar predadores, era, de fato, uma espécie recém encontrada.

J.K. Rowling se disse honrada
A descoberta foi publicada no Indian Journal of Arachnology de dezembro e provocou uma onda de empolgação nas mídias sociais, levando inclusive a autora de Harry Potter, J. K. Rowling, a expressar sua alegria pelo Twitter.
"Estou realmente honrada! Parabéns por descobrir outro #AnimalFantástico!", tuitou Rowling para Ahmed.
Chapeu Seletor, em imagem de um dos filmes de Harry Potter (Foto: Reprodução)
"Quantos geeks têm a oportunidade de descrever uma espécie, e muito menos nomeá-la, em homenagem a um ícone da cultura pop e, em seguida, ver a criadora deste ícone tuitando para você e dizendo que estava feliz e honrada? Fiquei tão empolgado!", disse Javed.
A descoberta foi feita após o lançamento recente do filme "Animais Fantásticos e Onde Habitam", um spin-off de Harry Potter baseado em um livro que Rowling escreveu em 2001.
A aranha de Gryffindor não é a primeira espécie a ser nomeada em homenagem a um ícone popular, de ficção ou real. Em 2009, uma aranha amarela descoberta na Malásia foi nomeada em homenagem ao astro do rock David Bowie.
Três anos mais tarde, cientistas australianos nomearam uma mosca de "Beyonce", e no mesmo ano cientistas nomearam uma tarântula que encontraram em Folsom, na Califórnia, em homenagem a Johnny Cash, a lenda da música americana que cantou "Folsom Prison Blues".
Fonte: G1

Com altura de prédio de 6 andares, maior onda da história é registrada no Atlântico

A onda mais alta da história foi registrada por uma boia no Atlântico Norte.
Com 19 metros de altura, ela surgiu entre a Islândia e o Reino Unido, na costa das Ilhas Hébridas Exteriores, também conhecidas como Ilhas Ocidentais, situadas no noroeste da Escócia.
O fenômeno se formou depois da chegada de uma forte frente fria, com ventos de mais de 80 quilômetros por hora, no dia 4 de fevereiro de 2013. É, segundo a Organização Meteorológica Mundial (OMM), um novo recorde para uma onda oceânica.
Um comitê de especialistas da OMM - que é um organismo das Nações Unidas - ratificou esse novo recorde somente agora.
A marca anterior era de uma onda de 18,275 metros de altura registrada em dezembro de 2007, também no Atlântico Norte.
"É a primeira vez que se mede uma onda de 19 metros. Trata-se de um recorde notável", disse o subsecretário-geral da OMM, Zhang Wenjian.
Não seria, porém, a maior onda do mundo. Em 2002, um navio avistou uma onda de 29 metros no mesmo oceano. Mas não houve medições ratificadas pela organização.
A altura de uma onda é medida da sua crista até a crista da que a sucede.
Resultado de imagem para maior onda
Sistema de boias
A boia que fez o registro é parte da rede de Estações Meteorológicas Marinhas Automáticas, do UK Met Office - o Escritório de Meteorologia do Reino Unido.
Chamada de K5, essa boia fica na costa das Hébridas Exteriores. Esse tipo de equipamento complementa as medições feitas por navios e satélites que monitoram as previsões meteorológicas em alto-mar.
As ondas gigantes frequentemente ocorrem no Atlântico Norte, cujas águas se estendem da costa do Canadá ao sul da Islândia e ao oeste do Reino Unido.
De acordo com a OMM, no inverno a circulação dos ventos e os sistemas de baixa pressão atmosférica causam tempestades ou ciclones extratropicais.
O fenômeno contribui para o equilíbrio térmico das regiões equatoriais e das regiões polares.
Fonte: G1

Menor assume homicídio, ri de crime e diz ter repulsa de homossexuais

O adolescente de 17 anos, suspeito de matar o inspetor Bruno Gustavo da Silva, de 22, em Santa Bárbara d'Oeste (SP), disse em depoimento à polícia que tem repulsa por homossexuais e riu ao ver as fotos de uma das vítimas com ferimentos graves, segundo a investigação. O menor confessou ter matado o jovem em um terreno baldio da cidade e o carteiro Luiz Carlos da Cruz, de 48 anos, em outubro deste ano.
"O jovem descreveu os crimes friamente e com riqueza de detalhes. O menor sempre destacava repulsa que tem por homossexuais", diz um trecho do boletim de ocorrência.
Para a polícia, ele contou que os assassinatos foram premeditados e que, nos dois crimes, marcou programas sexuais para atrair as vítimas, depois matá-las e roubá-las. O suspeito levou o carro do carteiro e o celular do inspetor, afirmou a investigação.
Em um dos momentos do depoimento, o jovem riu ao ver as imagens de Bruno com ferimentos causados pelas pauladas que recebeu dele e disse que chegou a pular na cabeça do inspetor de escola. 
Bruno Gustavo da Silva foi morto a pauladas em
Santa Bárbara (Foto:Reprodução/Facebook)

O menor prestou o depoimento acompanhado da mãe e foi mantido em cela isolado para ser apresentado a um juiz, informou a Polícia Civil.
A investigação não informou se o jovem ficou apreendido após depoimento.

Entenda o caso
Depois de receber uma denúncia anônima, a Polícia Militar de Santa Bárbara d'Oeste foi até a casa do adolescente de 17 anos, no bairro Santa Fé, na última terça-feira (13). Ao ser questionado sobre a morte de Bruno Gustavo da Silva, o jovem confessou o crime e ainda informou que também era responsável pela morte de Luiz Carlos Silva, ocorrida em outubro deste ano. Após ser apreendido, ele contou detalhes dos crimes em depoimento à Polícia Civil nesta quarta-feira (14).
O inspetor Bruno Gustavo da Silva foi morto a pauladas na madrugada do sábado (10), no bairro Cidade Nova 2, em Santa Bárbara. O corpo do jovem de 22 anos foi encontrado pela polícia em um terreno baldio com vários ferimentos na cabeça, sem camisa e com o órgão genital para fora da calça. Junto ao cadáver havia um pedaço de madeira e um galho de árvore, que teriam sido usados no crime.
Já o carteiro Luiz Carlos Silva, de 48 anos, foi morto em outubro deste ano, quando o menor roubou o carro e o celular dele e depois matou a vítima. O veículo, segundo o adolescente, foi vendido na comunidade Zumbi dos Palmares, em Santa Bárbara.

Pediu ajuda 
De acordo com a polícia, Bruno teria pedido ajuda antes de morrer, já que uma mulher, que testemunhou na investigação e mora em frente ao local do crime, diz ter ouvido o rapaz chorar e pedir para que parassem de bater nele. A testemunha diz que chegou a sair de casa e constatar que alguém estava sendo agredido no terreno baldio, mas como não tinha telefone para acionar a polícia, ficou com medo e preferiu se recolher dentro de casa.
Roupas usadas pelo suspeito no dia do crime (Foto: Divulgação/ PM e Santa Bárbara d'Oeste)
Fonte: G1

Garoto de 11 anos é achado em coma alcoólico em carro no DF; polícia investiga

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga as circunstâncias em que um garoto de 11 anos sofreu coma alcoólico na companhia do pai. Os dois foram encontrados dentro de um carro estacionado na plataforma inferior do Conic na madrugada de domingo (11). Militares que fizeram o flagrante relataram que o menino vomitava e que o adulto tinha sinais de embriaguez.
Um vídeo que circula em redes sociais mostra o pai tentando reanimar a criança e afirmando não gostar que ele consuma bebida alcoólica. Uma adolescente que também estava no veículo e se identifica como irmã do garoto afirma que ele "só" havia tomado "um golinho" de cerveja.
"A única coisa que eu bebo às vezes é Skol Beats, não é bebida forte. Aí alguém pegou da minha mão, não sei se foi ele, mas tinha bem pouquinho, OK, não tinha tanto assim", declarou a jovem a policiais. "Eu não tenho nada a ver com isso."
O adulto e o menino foram levados para a delegacia. O adulto, que tem 41 anos, passou mal na unidade policial e foi encaminhado por uma equipe do Corpo de Bombeiros ao Hospital de Base. O filho foi levado ao Materno Infantil, onde passou por exames que constataram coma alcoólico.
O garoto só foi liberado após a chegada da mãe, que é separada do pai e tem a guarda da criança. De acordo com a Secretaria de Saúde, constatou-se que ela não oferecia riscos ao menino.
Por e-mail, a Vara da Infância e da Juventude informou que está "tomando as providências necessárias" para obter detalhes sobre a situação. O Conselho Tutelar deve ser acionado para também acompanhar o caso.
Menino de 11 anos em coma alcoólico dentro de carro na plataforma inferior do Conic, em Brasília, no domingo (11) (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Fonte: G1

Noivos abandonam festa de casamento e vão comer em fast food

Feliz com a realização de um sonho, um casal de Sorocaba (SP) resolveu abandonar a festa de casamento e registrar o momento em uma lanchonete de fast-food, no bairro Campolim, zona sul da cidade. Juntos há um ano e meio, o assistente de produção Jessé de Oliveira, 22 anos e a cabeleireira Sara Silveira Oliveira, 19 anos, contam que escolheram o local por fazer parte da história deles, já que fica perto da antiga casa da noiva.
Assim que receberam as fotos do casamento, em novembro deste ano, os jovens publicaram nas redes sociais, mas não esperavam que tivesse repercussão. "Postamos as fotos para os nossos amigos, mas começaram a compartilhar", conta o noivo, que se casou em 20 de agosto.
O assistente de produção conta que saíram da festa sem avisar os convidados. Chegando no local, os clientes e funcionários ficaram surpresos ao vê-los entrando com a roupa da cerimônia. "Olharam desconfiados, alguns riram e outros desejaram felicidades. Teve até uma moça que pediu para tirar foto com a gente", afirma.
Recém-casados pretendiam comer lanche em unidade de rede de fast-food (Foto: Ricardo Carvalho/Arquivo pessoal)
Nos comentários, pessoas dizem que gostariam de ter a mesma atitude e até brincam com o atendimento recebido no restaurante. "Divisão parcial de bens por mais R$ 1?", escreveu um internauta. Uma mulher comentou: "Quase fiz isso no dia do meu casamento , mas marido não quis."
Além das fotos, os noivos pretendiam comer um lanche no restaurante, mas mudaram de ideia depois de serem abordados por um responsável pela unidade. "O gerente disse que não podíamos fazer imagens lá dentro, então resolvemos voltar para a festa. Até nosso fotógrafo ficou chateado", afirma Jessé.
A rede de fast-food informou que deve ter havido um mal entendido, pois não há nenhuma proibição em fazer imagens no local, exceto em áreas restritas, e afirma que vai entrar em contato com o casal.
Casal foi até a lanchonete 'escondido' dos convidados (Foto: Ricardo Carvalho)

Jovens chamaram a atenção de motoristas em avenida movimentada (Foto: Ricardo Carvalho)
Fonte: G1

Deadpool é o filme para maiores mais lucrativo de todos os tempos

‘Deadpool‘ encerrou sua jornada de sucesso nos cinemas com US$ 782 milhões arrecadados mundialmente, ultrapassando ‘Matrix Reloaded‘ (US$ 742 milhões) como a maior bilheteria da história para um filme para maiores de idade.
O filme também ultrapassou ‘O Homem de Aço‘ (US$ 668 milhões), ‘Thor: O Mundo Sombrio‘ (US$ 644 milhões) e ‘Homem de Ferro 2‘ (US$ 623 milhões).
O orçamento foi de baixíssimos US$ 58 milhões.
‘Deadpool 2‘ já está sendo roteirizado e terá a mutante Dominó, interesse romântico do Cable nos quadrinhos.
Nas HQ’s, Neena Thurman foi uma das muitas crianças que nasceram do Projeto Armageddon, o resultado de uma experiência secreta do governo destinada a desenvolver uma arma perfeita. Ele desenvolve a habilidade de manipular a sorte a seu favor, tornando-se Dominó. Ora ela atua como heroína, ora como mercenária.
Baseado no anti-herói não convencional da Marvel Comics, ‘Deadpool‘ conta a história da origem do ex-agente das Forças Especiais que se tornou o mercenário Wade Wilson. Depois de ser submetido a um desonesto experimento que o deixa com poderes de cura acelerada, Wade adota o alter ego de Deadpool. Armado com suas novas habilidades e um senso de humor negro e distorcido, Deadpool persegue o homem que quase destruiu sua vida.
Resultado de imagem para Deadpool
Fonte: cinepop.com.br

Saiba quais foram os filmes mais buscados pelos brasileiros no Google em 2016

A ferramenta de pesquisas mais usada do mundo divulgou sua já tradicional lista com os termos mais buscados do ano. Os dados confirmam a paixão dos espectadores pelo gênero do nosso século, os filmes de super-heróis, e mostram que suspense, Harry Potter e religião continuam atraindo interesse.

Os filmes e séries mais buscados em nível global foram:

FILMES

1º Deadpool
2º Esquadrão Suicida
3º O Regresso
4º Capitão América: Guerra Civil
5º Batman Vs Superman - A Origem da Justiça
6º Doutor Estranho
7º Procurando Dory
8º Zootopia: Essa Cidade é o Bicho
9º Invocação do Mal 2
10º Até o Último Homem

SÉRIES

1º Stranger Things
2º Westworld
3º Luke Cage
4º Game of Thrones
5º Black Mirror
6º Fuller House
7º The Crown
8º The Night Of
9º Descendants of the Sun (drama romântico sul-coreano)
10º Soy Luna (novela argentina)
Resultado de imagem para Deadpool
Fonte: Adorocinema

Críticos de Los Angeles aclamam o drama Moonlight como o melhor filme de 2016

O drama indie “Moonlight” foi considerado o Melhor Filme do ano pela crítica de Los Angeles. O longa que acompanha um jovem negro durante três fases distintas de sua vida, lidando com a descoberta da sexualidade em meio ao universo masculino da criminalidade e das drogas de Miami, também rendeu prêmios de Melhor Direção para Barry Jenkins, Melhor Ator Coadjuvantte para Mahershala Ali e Melhor Direção de Fotografia para James Laxton.
Escrito e dirigido por Jenkins, “Moonlight” começa a despontar entre os favoritos ao Oscar 2017, já tendo vencido o Gotham Awards, premiação dos melhores filmes independentes, e recebido diversas indicações ao Critics’ Choice Awards.
Entre os prêmios de interpretação, a Los Angeles Film Critics Association reconheceu Adam Driver como Melhor Ator por seu desempenho em “Paterson” e voltou a cacifar Isabelle Huppert na temporada, como Melhor Atriz por “Elle” e “Things to Come”. Lily Gladstone foi eleita a Melhor Atriz Coadjuvante por “Certas Mulheres”.
A lista de melhores do ano dos críticos californianos ainda destacou o sul-coreano “A Criada” como Filme Estrangeiro, o japonês “Your Name” com Animação e “I Am Not Your Negro” como Documentário.
Moonlight é o Melhor Filme do Ano para a crítica de Los Angeles
Fonte: Pipoca Moderna

Luzes de natal estão em falta por causa de Stranger Things

Coisas estranhas estão acontecendo na B&Q, uma cadeia inglesa de lojas de objetos para casa: desde o lançamento de Stranger Things pela Netflix, em junho, as luzes de natal são achados cada vez mais raros nas filiais. De acordo com uma nota de imprensa publicada pela B&Q, os estoques de luzes de natal já estão 90% vazios por causa da demanda criada pela série.
A falta de luzes de natal está tão feia que até Mike Norton, diretor de vendas do B&Q, se pronunciou: “A popularidade de Stranger Things teve um efeito completamente inesperado nas vendas dos nossos leds natalinos: foi o nosso melhor ano de vendas desse produto graças à série”. Pena que foi na época errada: a maior parte das compras foi feita em outubro, para festas de Halloween temáticas.
Há dois meses, ninguém se importaria em não encontrar essa mercadoria específica à venda. Mas agora, a poucos dias do natal, os ingleses estão ficando desesperados: está difícil demais encontrar os pisca-piscas coloridos que, na série, são usados por Joyce (Wynona Ryder) para entrar em contato com o filho, Will (Noah Schnapp), no Mundo Invertido. Tanto que a gigante inglesa decidiu fazer um apelo brincalhão aos clientes:
“Atenção: este produto não deve ser usado para contatar o Mundo Invertido”. (B&Q Reprodução)
A loja também diz que a B&Q “não pode se responsabilizar” por danos causados por demogorgons [o monstro da série] neste natal. Pelo menos, eles entraram na brincadeira, né?
Fonte: Superinteressante

HBO domina indicações no Globo de Ouro, num ano com muitas novidades

A HBO continua sendo a rainha da televisão. Ao menos é o que sugerem as indicações ao prêmio Globo de Ouro 2017, concedidos pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, com entrega prevista para 8 de janeiro. O canal a cabo norte-americano lidera a lista de concorrentes graças à contribuição de títulos como Westworld, que disputa os troféus de melhor drama, melhor atriz protagonista (Evan Rachel Wood) e melhor atriz coadjuvante (Thandie Newton).
Na categoria de melhor drama, Westworld enfrenta outro grande trunfo do canal, Game of Thrones, série vencedora do último Emmy e que aqui disputa também o prêmios de melhor atriz coadjuvante (Lena Haedy). Ao seu lado estão This Is Us, Stranger Things e The Crown, as duas últimas da plataforma online Netflix. Dessa forma, o Globo de Ouro apostará majoritariamente em novidades dentro da sua categoria mais valorizada, na qual apenas Game of Thrones repete uma indicação com relação a anos anteriores.
As disputas nos prêmios de interpretação reúnem mais rostos conhecidos. Rami Malek (Mr. Robot), Bob Odenkirk (Better Call Saul), Matthew Rhys (The Americans) Liev Schreiber (Ray Donovan) e Billy Bob Thornton (Goliath) disputarão o troféu de melhor ator dramático, enquanto Evan Rachel Wood (Westworld), Caitriona Balfe (Outlander), Keri Russell (The Americans), Claire Foy (The Crown) e Winona Ryder (Stranger Things) se enfrentam na categoria feminina.
Isso em drama, porque em comédia Veep continua a trazer indicações para a HBO, somando mais duas desta vez, entre elas a de melhor série cômica. Sua protagonista, Julia Louis-Dreyfus, enfrentará duas colegas de rede na categoria de melhor atriz com a indicação de Sarah Jessica Parker por Divorce e de Issa Era por Insecure. Rachel Bloom (Crazy Ex-gilfriend), Gina Rodriguez (Jane the Virgin) e Tracee Ellis Ross (Black-ish) completam o quadro das indicadas nessa categoria. Entre os atores de comédia também há novidades. Ao vencedor do ano passado, Gael García Bernal (Mozart in the Jungle), se somam Donald Glover (Atlanta), Nick Nolte (Graves) e os mais uma vez indicados Anthony Anderson (Black-ish) e Jeffrey Tambor (Transparent). O prêmio para melhor comédia de televisão ficará entre Black-ish, Atlanta, Transparent, Veep e Mozart in the Jungle, vencedora da edição do ano passado.
Nos últimos anos, a categoria de melhor minissérie ou TV movie tem sido uma das mais interessantes dos prêmios para televisão, e isso volta a ocorrer desta vez. Nesta categoria se inclui mais um filme da HBO que se destacou como um dos favoritos da crítica no meio do ano, The Night Of, e que vem agora com três indicações debaixo do braço. Não terá vida fácil, no entanto, pois enfrentará um dos grandes fenômenos do ano na televisão nos Estados Unidos: American Crime story: The people v. O.J. Simpson. A trama, centrada em um dos casos judiciais mais famosos e midiáticos da história, foi a que recebeu mais indicações, com cinco no total, incluindo as de atores para Courtney B. Vance, Sarah Paulson, Sterling K Brown e John Travolta e a indicação como melhor minissérie. Nessa categoria, o quadro é completado por American Crime, The Dresser e The Night Manager, que, com quatro indicações (melhor minissérie e os atores Hugh Laurie, Olivia Colman e Tom Hiddleston), também está entre as mais lembradas nas indicações ao Globo de Ouro.
Resultado de imagem para HBO
FDonte: brasil.elpais.com

30 novembro 2016

Netflix libera download de séries e filmes para assinantes

A Netflix anunciou nesta quarta-feira (30) que seus assinantes agora vão poder fazer download de filmes e séries de parte do catálogo. A nova opção não acarreta em custo adicional.
Até aqui, o serviço de vídeos só estava disponível na opção por streaming, ou seja: o usuário só poderia assistir se tivesse acesso a uma conexão de internet. Com o novo recurso, basta estar conectado no momento de baixar um filme ou série. Para assistir posteriormente, não é obrigatório permanecer on-line.
Em nota, o diretor de inovação de produtos da Netflix, Eddy Wu, afirma que o downolad não vale para todos os filmes e séries. Ele cita que já estão disponíveis, por exemplo, "Orange is the New black", "Narcos" e "The crown". As três são produções originais do serviço
O comunicado explica que o recurso faz parte de todos os planos de assinatura e está acessível para telefones e tablets Android e iOS.
Imagem de divulgação da Netflix mostra o botão de download, nova opçõa para os assinantes do serviço de vídeos on-line (Foto: Divulgação/Netflix)
Fonte: G1

Evan Rachel Wood, atriz da série 'Westworld', diz ter sido estuprada

Evan Rachel Wood, atriz da série "Westworld", disse nesta terça-feira (29) que está pausando o uso de redes sociais, um dia após revelar no Twitter que foi abusada sexualmente duas vezes.
Em entrevista à revista "Rolling Stone" publicada neste mês, a atriz falou sobre sua tentativa de suicídio aos 22 anos e ter sido sujeita a abusos "físicos, psicológicos, sexuais".
Evan, de 29 anos, publicou no Twitter na noite de segunda (28) que não poderia mais ficar em silêncio "dado o estado do que nosso mundo está com flagrante intolerância e sexismo". No entanto, ela também disse ter hesitado em compartilhar sua história no passado porque não queria ser acusada de fazê-lo em busca de atenção.
"Tive o desejo de não fazer disto uma história triste, não tornar isto sobre mim", disse em sua conta oficial no Twitter.
Na publicação, que foi compartilhada mais de 1 mil vezes, Evan disse ter sido "estuprada por um parceiro enquanto estavam juntos. E em outra ocasião, pelo dono de um bar". Ela disse que os ataques aconteceram "muitos, muitos anos atrás", mas não deu a data exata.
"Ainda estou de pé. Estou viva. Sou feliz. Sou forte. Mas ainda não estou ok", escreveu. "Ainda acho que é importante que as pessoas saibam disto, que sobreviventes saibam disto, e que a pressão de se livrar disto de uma vez seja levantada".
Evan também é conhecida por seus papeis em "Aos Treze", "Tudo Pelo Poder" e "O Lutador".

Resultado de imagem para Evan Rachel Wood dolores
Evan em cena da série Westworld
Fonte: G1

'Sully' tem estreia adiada no Brasil após queda de avião da Chapecoense

A estreia de "Sully: O herói do rio Hudson", filme sobre a história real do piloto de avião que em 2009 fez um pouso considerado milagroso nos EUA, foi adiada nesta terça-feira (29). O longa estrelado por Tom Hanks seria lançado no Brasil nesta quinta-feira (1º) e ainda não tem nova data.
A distribuidora do longa no país, a Warner Bros. Pictures, decidiu cancelar a estreia após a queda do avião que transportava a equipe da Chapecoense na Colômbia, na madrugada desta terça-feira. O time catarinense estava a caminho da final da Copa Sul-Americana, na qual enfrentaria o Atlético Nacional, nesta quarta-feira (30).
"A Warner Bros. Pictures está profundamente entristecida por esta terrível notícia. A fim de sermos respeitosos com esta tragédia, tomamos a decisão de adiar a estreia de 'Sully: O Herói do rio Hudson', anteriormente programada para o dia 1º de dezembro. Estendemos nossas sinceras condolências às famílias e aos entes queridos das vítimas neste triste momento", afirmou a empresa em nota.
O episódio que inspirou o longa – já cotado para receber indicações ao Oscar 2017 – aconteceu há sete anos, nos Estados Unidos. O piloto Chesley Sullengerger, o Sully (interpretado por Hanks), havia acabado de decolar em Nova York quando um grupo de aves atingiu as duas turbinas do avião.
Após avaliar que era impossível retornar ao aeroporto ou chegar a tempo a uma outra pista de pouso na região, o comandante resolveu pousar no rio Hudson. O feito, como adiante o próprio título complementar da produção, rendeu primeiro o status de herói a Sully.
Aaron Eckhart (à esquerda) e Tom Hanks em cena de 'Sully: O herói do rio Hudson' (Foto: Divulgação)
Fonte: G1

Menino vira hit ao 'resolver' dilema sobre quem salvaria em ferrovia de brinquedo

Um menino de dois anos fez sucesso no YouTube ao resolver de forma inusitada um dilema sobre quem ele salvaria em uma ferrovia de brinquedo.
A gravação mostra bonecos representando pessoas deitadas nos trilhos por onde o trem poderia passar. À esquerda, aparece uma pessoa nos trilhos, e à direita, cinco.
Na cena hipotética, o trem atingiria uma pessoa se o maquinista optasse pela ferrovia da esquerda ou cinco se fosse pela da direta.
Para resolver o problema sobre quem salvaria, o menino colocou o boneco que estava à esquerda ao lado dos que estavam nos trilhos da direita. Em seguida, atropelou todos.
Desde o dia 31 de agosto, o vídeo recebeu mais de 9 milhões de visualizações.

Fonte: G1

China inaugura monotrilho com trem inspirado em panda gigante

Um novo trem de superfície que entrou em funcionamento em Chengdu, na província chinesa de Sichuan, chamou atenção por ser inspirado em um panda gigante, animal símbolo do país asiático.
(Foto: China Daily/Reuters)
O trem, que é movido por energia de baterias de lítio em vez de eletricidade, alcança uma velocidade de até 60 km/h no monotrilho.
Fonte: G1

Bezerro nasce com duas cabeças em Ouro Preto, RO

Um bezerro nasceu com duas cabeças em uma propriedade rural de Ouro Preto do Oeste (RO), região central do estado. O nascimento do mamífero aconteceu no sábado (26). Para fazer o parto do animal, um veterinário precisou realizar uma cirurgia cesariana na vaca. Como o bezerro tinha apenas um pescoço, caso raro na área veterinária, acabou morrendo no início desta semana. "Se não tivesse morrido íamos nos livrar. Era assustador", diz produtor.
O caso aconteceu na propriedade da família de Alciney Bueno Souto. Em entrevista ao G1, o produtor conta que o pai já havia percebido que a vaca estava prestes a criar, mas não conseguia. "A vaca estava fazendo muita força para criar, mas não criava. Meu pai tentou ajudar a vaca como pôde, mas não conseguiu", conta.
Por causa disso, a família acionou um veterinário para fazer o parto. Quando o médico da área chegou, logo percebeu que o animal era diferente. "Assim que iniciou os procedimentos, ele percebeu que o bezerro tinha duas cabeças e já nos avisou que teria que fazer uma cirurgia para tirá-lo, já que não tinha como nascer por parto normal", diz.
Bezerro viveu até começo desta semana
(Foto: Alciney Bueno/ Arquivo Pessoal)

Conforme a família, o animal tinha a formação das duas cabeças completas, com olhos, narizes, orelhas e bocas, mas as duas cabeças estavam formadas em um único pescoço. Segundo o médico veterinário, Bruno Porto, a condição deixa a anomalia ainda mais rara.
"Isso acontece quando a gestação é de gêmeos e os embriões não são capazes de se separar e gerar dois bezerros separados. Quando isso ocorre, dificilmente o animal consegue sobreviver", conta Porto.
O bezerro morreu no início da semana. Em entrevista, Alciney conta que a situação foi muito inusitada para todos. "Eu até brinquei com meu pai que, caso o bezerro não morresse, a gente ia dar um jeito de se livrar dele. É assustador", brinca Alciney.
Fonte: G1

28 novembro 2016

‘Doutor Estranho‘ já é o filme de estreia de um super-herói mais bem sucedido da Marvel Studios

‘Doutor Estranho‘ já é um fenômeno comercial para a Marvel Studios, e se tornou o filme de estreia de um super-herói mais bem sucedido do estúdio.
O filme estrelado por Benedict Cumberbatch já soma US$ 615 milhões mundialmente em menos de um mês, ultrapassando a bilheteria total de ‘Homem de Ferro‘ (US$ 585 milhões).
O ‘Doutor Estranho‘ também já ultrapassou as bilheterias de ‘Homem-Formiga‘ (US$ 519 milhões) e ‘Thor‘ (US$ 449 milhões).
São US$ 205 milhões nos EUA e US$ 410 milhões no resto do mundo.
Em seu fim de semana de estreia, o filme superou as expectativas mais otimistas e arrecadou US$ 85 milhões nas bilheterias norte-americanas, superando as estreias de ‘Capitão America‘ (US$65 milhões), ‘Thor‘ (US$65,7 milhões), ‘Homem-Formiga‘ (US$57,2 milhões), ‘Thor‘ (US$65,7 milhões) e ‘O Incrível Hulk‘ (US$55,4 milhões).
Resultado de imagem para Doutor Estranho
Fonte: CinePop

‘Clint Eastwood trata os atores como cavalos’, diz Tom Hanks

Ganhador do Oscar por “Os Imperdoáveis” e “Menina de Ouro”, Clint Eastwood pode ser um dos nomes mais queridos do público no showbusiness, mas, trabalhar com ele não é algo fácil. Que o diga Tom Hanks. Protagonista de “Sully – O Herói do Rio Hudson”, o ator admitiu que ficava nervoso com a forma que o cineasta tratava os atores. As informações são do site do jornal inglês The Guardian.
Mesmo com tom de brincadeira, Hanks afirmou que o jeito duro e incisivo de Eastwood assustou a ele e os colegas de elenco. “Você não ia gostar de receber um dos intimidadores olhares de Eastwood. Ele trata os atores como cavalos. Pois nos anos 1960, quando ele fez a série Rawhide, o diretor gritava ‘ação’ e os animais disparavam. Então, quando ele dirige um filme, ele fala bem baixinho ‘vai, pode começar’, e em vez de gritar ‘corta’, ele diz ‘chega disso’. É muito intimidante”, declarou.
Com estreia marcada para o próximo dia 1º de dezembro, “Sully – O Herói do Rio Hudson” traz a história ocorrida no dia 15 de janeiro de 2009. Logo após decolar do aeroporto de LaGuardia, em Nova York, uma revoada de pássaros atinge as turbinas do avião pilotado por Chesley “Sully” Sullenberger (Tom Hanks). Com o avião seriamente danificado, Sully não vê outra alternativa senão fazer um pouso forçado em pleno rio Hudson. A iniciativa é bem sucedida, com todos os 150 passageiros a bordo sendo salvos. Tal situação logo transforma Sully em um grande herói nacional, o que não o isenta de enfrentar um rigoroso julgamento interno coordenado pela agência de regulação aérea nos Estados Unidos. Além de Hanks, o elenco conta com Aaron Eckhart, Laura Linney e Anna Gunn.
Tom Hanks e Clint Eastwood
Fonte: www.cineset.com.br

China passa EUA e vira o país com mais supercomputadores do mundo

A China passou os Estados Unidos e se tornou o país com o maior número de supercomputadores do mundo, aponta o ranking Top 500, divulgado nesta segunda-feira (20). Já o Brasil, que chegou a ter seis máquinas na lista e estava no grupo das dez nações com maior potencial de computação de alto nível, teve sua participação reduzida para apenas quatro representantes.
De 2015 para 2016, a China pulou de 109 supercomputadores para 167. Nesse meio tempo, o total de máquinas norte-americanas caiu de 199 para 165, na lista que reúne computadores tão velozes a ponto fazer milhões de milhões de cálculos enquanto você nem terminou de piscar os olhos.
Sunway TaihuLight, do Centro de Supercomputação Nacional, é o supercomputador mais rápido do mundo. (Foto: Divulgação/Science China Press)
Sunway TaihuLight, do Centro de Supercomputação Nacional, é o supercomputador mais rápido do mundo. (Foto: Divulgação/Science China Press)

A máquina mais rápida do ano passado já era chinesa. Agora, o topo do ranking é do Sunway TaihuLight, do Centro de Supercomputação Nacional, também da China. Só que o dispositivo é três vezes mais rápido que o antigo líder, o Tianhe-2 (Universidade Nacional de Tecnologia para a Defesa), e cinco vezes mais ágil que o primeiro norte-americano da lista, o Titan (Laboratório Nacional Oak Ridge), no terceiro lugar.
O critério dos cientistas do Laboratório Nacional de Berkeley, Universidade do Tennessee e da Prometeus, que elaboram o ranking, é a capacidade de executar cálculos. O Sunway faz 93 petaflops, equivalente a 456 trilhões de cálculos de ponto-flutuante por segundo (trocando em miúdos: contas de soma e subtração por segundo). Já a potência do Tianhe-2 é de 33 petaflops e a do Titan, de 17 petaflops.
Antes no top 10 dos países com maior número de supercomputadores no ranking, o Brasil passou a ocupar a 11ª posição. No ano passado, eram seis os representantes brasileiros: Três deles são do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), em Petrópolis (RJ), um do Cimatec, em Salvador (BA), um do Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (Inpe), de São Paulo (SP), e um da Petrobras. Em 2016, saíram da lista as máquinas do Inpe e da Petrobras.
Supercomputador mais rápido da América Latina é inaugurado em Salvador (Foto: Angelo-Pontes/ Sistema Fieb)
Fonte: G1

Milhares visitam túmulo de menina morta há 51 anos no RS

Milhares de pessoas visitaram no domingo (27) o túmulo de Maria Elizabeth de Oliveira, em Passo Fundo , no Norte do Rio Grande do Sul. Ela é considerada uma santa pelos moradores da região. Alguns fiéis viajaram desde o Uruguai para homenagens.

Maria Elisabeth morreu há 51 anos, depois de ter sido atropelada quando tinha 14. Ela era de uma família católica e teria previsto sua própria morte. Isso fez com que seu túmulo virasse um ponto de romaria.
A visita virou tradição e todos os anos, na data da morte, o cemitério de Passo Fundo recebe milhares de visitantes, que acreditam em milagres protagonizados por Maria Elizabeth.

Túmulo da menina que teria previsto a própria morte

há 51 anos (Foto: RBS TV/Reprodução)

“Pode ver que eu estou com a mão tremendo, estou com Parkinson, e melhorei bastante. Prometi trazer uma rosa com a mão que tinha problema, e estou contente”, afirma o metalúrgico Ari Fiori.
“Minha mãe é muito devota dela, ela está há cinco anos em uma cadeira de rodas, mas nunca vai dormir de noite sem antes fazer a oração à Maria Elizabeth. Então, hoje eu vim trazer essa rosa para ela, e agradecer todas as graças que já recebi”, afirma a agricultora Maria Lúcia Pereira.
Apesar de Maria Elizabeth não ter sido reconhecida como santa pela igreja Católica, são inúmeros os relatos de graças atribuídas a ela.
A igreja pede, inclusive, que os fiéis informem se receberam alguma graça, para reunir documentos que possibilitem o pedido de beatificação da menina.
“Escreva esse fato. Entregue na prefeitura, no tribunal eclesiástico de Passo Fundo, nos fundos da catedral, no quarto andar… e poderemos encaminhar o processo de beatificação de Maria Elizabeth”, afirma o padre Darcy de Carli.
Resultado de imagem para Maria Elizabeth de Oliveira
Fonte: G1

26 novembro 2016

Menina síria mostra vida em Aleppo e chama atenção de J.K. Rowling

Com os cabelos penteados em maria-chiquinhas com laços rosa, a menina Bana Alabed, de sete anos, inspeciona os destroços em sua cidade natal, Aleppo, antes de andar em frente às câmeras.
"Eu estou triste. Isso é tão ruim", ela diz em inglês, em um vídeo divulgado em sua conta no Twitter. Ela é vista, em seguida, segurando um cartaz em que se lê: "Fique com Aleppo. Por favor, parem os bombardeios e acabem com o cerco".
O vídeo, publicado na terça-feira (22) e acompanhado pela legenda "conferindo a situação na manhã após noite de bombardeio" é o mais recente que a garotinha compartilhou com seus quase 94 mil seguidores do Twitter retratando a vida na cidade síria destruída pela guerra.
Questionada sobre o que esperam conseguir, a mãe de Bana, Fatemah, disse à Reuters: "Nos esforçamos para mostrar às pessoas nossas [vidas], para que possam agir. Nós apenas tuítamos o que pensamos. O vídeo é feito perto de nossa casa, nosso bairro está em ruínas"
Os tuítes da menina de sete anos chamaram a atenção de pelo menos uma proeminente usuária da rede social. Quando Fatemah enviou um tuíte à J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", dizendo que sua filha queria ler uma das histórias dela, a escritora e seu agente responderam rapidamente.
Fatemah contou que Bana recebeu os ebooks de "Harry Potter" e começaria a lê-los. A menina enviou um tuíte para agradecer, ao qual a autora respondeu: "Amo você também, Bana! Estou pensando em você, fique segura".
Bana Alabed, de sete anos, em foto publicada em sua conta no Twitter (Foto: Reprodução/Twitter/Bana Alabed)
Fonte: G1

Professor viraliza após aplicar prova vestido de Jigsaw, dos 'Jogos Mortais'

Já pensou chegar para fazer uma prova final e dar de cara com o Jigsaw do filme Jogos Mortais? Um serial killer que incentiva suas vítimas a cometerem atos cruéis para se salvarem. Foi inspirado no filme de terror que o professor universitário Fernando Souza resolveu se despedir dos formandos de do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Acre (Ufac).
No fim de outubro, durante a aplicação da prova final de obstetrícia veterinária, Souza apareceu na sala de aula fantasiado do conhecido serial killer dos filmes. As fotos viralizaram na internet após uma página no Facebook postar as fotos. Até a manhã desta quarta-feira (23), foram mais de 3 mil compartilhamentos e quase 2 mil comentários.
Eder Arruda, de 31 anos, considera o método do
professor inovador
(Foto: Eder Arruda/Arquivo pessoal )

Professor da Ufac há quase três anos, Souza explica que gosta de usar métodos diferentes em suas aulas para chamar a atenção dos alunos.
"Para mim, a educação vai além do que traz a literatura. A moçada gosta de coisa diferente para fixar melhor as coisas de uma forma geral. Para mim, é interessante interagir com o alunos", destaca.
A forma bem humorada também foi uma maneira de se despedir dos alunos, que estão no décimo período. Souza explica que os estudantes sempre reclamaram de suas provas e ficavam aterrorizados. Daí, surgiu a ideia de fazer a brincadeira.
"Minhas provas são aterrorizantes para eles, porque eu cobro muito e eles sempre reclamam. Um dia eu disse que ia aprontar uma com eles para que soubessem o que era aterrorizante de verdade", conta bem humorado.
Bem humorado, professor se inspirou em Jogos Mortais e viralizou nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)

O filme não inspirou apenas a fantasia do professor, mas também a metodologia da prova. Os alunos tinham que produzir as questões para que os colegam respondessem. Quanto mais difícil a questão, mais pontos o aluno conseguia alcançar. Todos os alunos, segundo o professor, foram aprovados.
Professor brincou com os alunos e se inspirou no
filme Jogos Mortais para a prova e aplicação
(Foto: Arquivo pessoal)

Após toda a repercussão na internet, Souza conta que levou um susto ao se deparar com tantos compartilhamentos e comentários. Professor desde 2011, ele conta que sempre gostou de ter uma boa relação com os alunos.
O método bem humorado agradou aos alunos que já conhecem o perfil brincalhão do professor. Eder Arruda, de 31 anos, diz que gostou da forma como o professor se despediu da turma.
"É um método inovador. Ele sempre foi descontraído, o que facilita o aprendizado. Ele nos fez construir questões e respondê-las. Ou seja, nós tivemos que desenvolver a capacidade de também criar questões sobre o assunto. E a inovação está aí, não só mostrar o que a gente aprendeu, mas questionar sobre isso", pontua.
A acadêmica Erica Agostinho, que também é aluno do professor, disse que a repercussão tem sido muito grande. Porém, garante que ele é "bonzinho" e que tudo não passou de um susto. "Ele sempre gosta de aterrorizar a gente na hora das provas, mas toda a turma gosta muito dele. No fim, a gente sabia que ele não ia reprovar ninguém", brinca.
Fonte: G1

Anvisa aprova regras para registro de remédio à base de maconha

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) incluiu nesta terça-feira (22) os derivados da Cannabis sativa, a maconha, na lista de substâncias psicotrópicas, vendidas no Brasil com receita do tipo A, específica para entorpecentes. A norma permite que empresas registrem no país produtos com canabidiol e tetrahidrocannabinol como princípio ativo, passo necessário para venda de remédios.
A medida faz parte da atualização da Portaria nº 344/98, que também estabelece que laboratórios registrem os derivados em concentração de, no máximo, 30 mg de tetrahidrocannabinol (THC) por mililitro e 30 mg de canabidiol por mililitro. Os produtos que tiverem concentração maior do que a estabelecida continuam proibidos no país.
Segundo nota da agência reguladora, a medida foi motivada pela fase final do processo de registro do medicamento Mevatyl®. O produto que, em alguns países da Europa, tem o nome comercial de Sativex, pode vir a ser o primeiro obtido da Canabis sativa registrado no país. O medicamento será indicado para o tratamento de sintomas de pacientes adultos com esclerose múltipla.
Resultado de imagem para remédio à base de maconha
Fonte: Metrojornal

Netflix divulga a abertura de ‘3%’, série brasileira de Ficção Científica

A Netflix disponibilizou a abertura de ‘3%’, primeira série brasileira do serviço de streaming.
Assista, com a crítica em vídeo:
A primeira temporada é dirigida pelo indicado ao Oscar®, Cesar Charlone (Cidade de Deus, Ensaio sobre a Cegueira, O Banheiro do Papa), e protagonizada por João Miguel (Estômago, Xingu, Felizes Para Sempre?) e Bianca Comparato (Avenida Brasil, Sete Vidas, Irmã Dulce). Zezé Motta (Xica da Silva, Chiquinha Gonzaga), Rodolfo Valente (Chapô, Sítio do Picapau Amarelo, Malhação), Vaneza Oliveira, Michel Gomes (Cidade de Deus, Última Parada 174, Salve Geral), Rafael Lozano (Sessão de Terapia) e Viviane Porto (Babilônia, Garotas do ABC) completam o elenco.
O primeiro ano da série contará com 8 episódios, e é filmado inteiramente no Brasil com tecnologia Ultra HD 4K.
Fonte: Cinepop.com.br

Rapaz suspeito de homicídio é executado em Cidade Gaúcha - PR

Rafael Gales Leal, 22 anos, foi executado por volta das 23h desta terça-feira (22) em Cidade Gaúcha.
Segundo informações da Polícia Militar, Leal estava caminhando pela Avenida Olinto Cardoso, quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma motocicleta de cor escura. A dupla efetuou cinco disparos de arma de fogo contra ele. A vítima ainda conseguiu correr por aproximadamente 20 metros, tentou pular o muro de uma residência, mas acabou falecendo em uma calçada da Rua Dona Nicha, esquina com a Rua José de Araújo.
Ainda segundo a Polícia Militar, a vítima tinha passagens pelo crime de furto e era suspeito de ser o autor de uma tentativa de homicídio que aconteceu a cerca de três semanas na cidade.
A Polícia Militar isolou o local até a chegada do perito do Instituto de Criminalística, e o corpo foi encaminhado ao IML de Umuarama.
A Polícia Civil de Cidade Gaúcha já deu início as investigações, e até o momento ninguém foi preso.
Fonte: Umuarama News

Jovem é morto a tiros em Cidade Gaúcha - PR

Na noite desta quinta-feira (24), um Jovem de 23 anos foi morto com aproximadamente cinco tiros em Cidade Gaúcha. O crime aconteceu no centro da Cidade.
Segundo informações da Policia Militar, o homicídio ocorreu por volta das 22h15, na Rua Tórmena, esquina com Rua Ijuí.
A Policia Militar ao chegar no local, encontrou Douglas Lucena já sem vida. O homem de aproximadamente 50 anos que o acompanhava estava ferido. Ele foi socorrido pela equipe avançada do Samu, e encaminhado ao Hospital Santa Casa de Cianorte.
O corpo de Douglas foi recolhido e encaminhado para o IML de Umuarama para exame de Necrópsia.
A Policia Civil já iniciou as investigações do crime, que tem características de execução. Segundo testemunhas o crime teria sido cometido por apenas uma pessoa que até o momento se encontra foragido.


Fonte: Umuarama News e Noticia.com

08 novembro 2016

Unidade da Usina Santa Terezinha em São Tomé - PR é fechada por conta da crise financeira

A Usina de Açúcar Santa Terezinha (Usaçucar), que tem sede em Maringá, anunciou nesta terça-feira (8) que vai suspender as atividades de moagem em São Tomé (a 18 quilômetros de Cianorte) a partir de 2017. O grupo, que conta com oito unidades, comprou a usina de São Tomé em 2006.
Segundo a Usaçucar, o processamento da cana será feito nas unidades de Rondon e Tapejara, com a manutenção de todos os contratos com parceiros. São Tomé ainda seguirá com o plantio normalmente.
A empresa alega que a decisão se deve às “bruscas alterações no mercado”, que têm afetado o segmento de açúcar e etanol. Em relação aos funcionários, o grupo alega que será oportunizado remanejamento.
Porém, nesta terça-feira, não divulgou detalhes de como isso vai acontecer e se devem ser demitidos trabalhadores. A Usaçucar afirma que a moagem em São Tomé pode ser retomada, caso haja recuperação do segmento na economia.
Fonte: Massa News

02 novembro 2016

Grilos, larvas e escorpiões serão a comida do futuro?

Cinco amigos de faculdade resolveram iniciar uma revolução em um depósito no bairro de Van Nuys, na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos.
Os amigos trabalham com agricultura urbana na empresa Coalo Valley Farm. Mas não é uma fazenda comum: o galpão está lotado com um "microrebanho", como um dos fundadores e diretor-executivo da companhia, Elliot Mermel, gosta de chamá-lo.
O "micro-rebanho" é formado por milhares de grilos e larvas de besouros. A Coalo Valley Farm é a primeira fazenda de insetos para consumo humano do Estado da Califórnia. E os donos do projeto têm grandes planos.
"Sabemos que insetos são uma fonte sustentável de proteína e, no momento em que o mundo já está lutando para alimentar 7 bilhões de pessoas, queremos tentar encontrar uma forma de alimentar as gerações futuras", diz Mermel.
Instalações da fazenda californiana lembram galpões de cultivo de maconha (Foto: BBC)
A fazenda buscou seguir diretrizes ecológicas e ambientais, considerando que a Califórnia sofre com clima seco e falta d'água.
O diretor-executivo se refere às operações da fazenda como um "circuito fechado": quase tudo é gerado no local. Peixes criados lá fornecem a água residual que sustenta os brotos de alfafa e o feijão, que, por sua vez, alimentam os grilos.
As instalações da empresa também se assemelham a galpões de cultivo de maconha - os cinco amigos pegaram emprestada a tecnologia desta indústria. As barracas prateadas são aquecidas e, dentro delas, há fileiras de tonéis e prateleiras com insetos.
Elliot Mermel defende que insetos podem colaborar para uma dieta mais sustentável (Foto: BBC)

Eles começaram o negócio em 2015, mas já contam com fãs nos mercados de comida saudável e barras de proteína.
Larvas de besouros cultivadas na Coalo Valley Farm, empresa criada em 2015 (Foto: BBC)

Desbravando mercados
Ao sul da fronteira, no México, o cenário do mercado para esses novos empreendimentos não é tão simples.
Os insetos são consumidos no país desde antes da chegada dos colonizadores espanhóis. Não há, portanto, grande aversão cultural a a comê-los. Mas a criação de insetos para consumo humano ainda não existe.
Rene Cerritos, biólogo na Universidade Nacional Autônoma do México, trabalha com fazendeiros do país para tentar estimular a produção de insetos comestíveis.
Segundo ele, o México abriga cerca de 25% das quase 2 mil espécies de insetos comestíveis do mundo, mais do que qualquer outro país no mundo. Mas a demanda ainda é baixa.
"Os ocidentais têm um problema concreto com o consumo de insetos (...) O México está se ocidentalizando, então, muitas tradições que tínhamos desde os tempos pré-colombianos foram perdidas. Os insetos estão lá, toneladas e toneladas deles. E poderíamos cultivá-los e consumi-los, mas não fazemos isso."
Para Silvio Nihei, professor de Zoologia no Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP), o número estimado pela ONU de quase 2 mil espécies de insetos comestíveis pode ser bem maior.
"Temos aproximadamente 1 milhão de espécies de insetos descritos (conhecidos) no planeta", explicou Nihei à BBC Brasil.

O professor então cita apenas o exemplo brasileiro e elabora uma hipótese.
"Em escala nacional, só de besouros das famílias Cerambycidae e Curculionidae há 10 mil espécies brasileiras (no mundo somam mais de 100 mil espécies), e de formigas são 2,5 mil espécies. Se restringirmos esses números para espécies de maior tamanho (e maior valor calórico e nutricional), poderíamos pensar em algo em torno de 2 a 3 mil espécies de besouros e umas 500 espécies de formigas. Isso só no Brasil."

Praga que dá lucro
Na Califórnia, a criação é de grilos. Já no México, os novos fazendeiros se concentram nos gafanhotos. As diferenças são sutis: os grilos são onívoros (se alimentam de fontes vegetais e animais) e os gafanhotos, vegetarianos.
José Moreno Sanchez espera conseguir lucros com a criação de gafanhotos para consumo humano (Foto: BBC)
No México, os gafanhotos são considerados pragas, porque atacam lavouras e reduzem a produção, dando prejuízos aos fazendeiros.
José Moreno Sanchez é fazendeiro há 30 anos e decidiu mudar a relação com esses insetos.
"Os gafanhotos comeram as lavouras, e o dano financeiro foi grande, especialmente quando semeávamos verduras. Então, em vez de lutar contra eles, decidimos transformar os gafanhotos em negócio", contou.
Agora, ele espera algum lucro com os gafanhotos de sua fazenda.
Sanchez diz que a grande maioria dos gafanhotos são capturados de maneira informal. As pessoas coletam os insetos, mas não são donas da terra - e geralmente pisoteiam lavouras para capturar os bichos, irritando os fazendeiros.
O chef e crítico gastronômico mexicano Alejandro Escalante diz que a relutância dos fazendeiros mexicanos em relação aos gafanhotos é "terrível".
Ele faz uma lista dos insetos que usa na cozinha de seu restaurante, La Casa de los Tacos, no sul da Cidade do México, entre eles escorpiões e carrapatos.
O chef afirma que todos são deliciosos. "Eles têm muita proteína, são saborosos e há uma grande variedade."
Alejandro Escalante prepara insetos em seu restaurante (Foto: BBC)

O professor da USP Silvio Nihei afirma que no Brasil não há levantamento dos insetos usados como alimentos.
"Mas o mais comum são os seus produtos derivados - mel, geleia real, própolis. Já o consumo de insetos inteiros é incomum por aqui, mas sabemos que em muitas partes do país, principalmente no interior, consome-se o abdômen de saúvas fêmeas quando estão cheias de ovos (chamadas de içá ou tanajura)."
Para Nihei, se fosse feito um levantamento das espécies de insetos consumidas no país, "seria um número bem reduzido entre a sociedade não indígena, enquanto o número para as comunidades indígenas, onde este hábito é mais comum, seria maior."

Iguarias finas
O mercado de San Juan, no centro da Cidade do México, é uma amostra desta variedade de insetos comestíveis.
O grande galpão é onde se pode ter uma experiência gastronômica e encontrar uma variedade incrível de tipos de carne, incluindo crocodilo e avestruz.
Mas também é possível encontrar tarântulas, escorpiões, gafanhotos e larvas de agave. Sendo que algumas espécies em exposição ainda estão vivas.
Insetos e aracnídeos, contudo, não são baratos. E o potencial de lucro é uma das razões que levaram Alessandro Spagnuolo e sua família a abrir a própria fazenda de insetos, onde coletam algo que é conhecido como o "caviar" do México, larvas das formigas Liometopium apiculatum ou "escamoles".
A companhia da família de Spagnuolo, a JC Redon, fica em uma fazenda em Hidalgo. Eles levaram a reportagem da BBC para um passeio por trilhas locais em busca de ninhos com ovas de insetos e plantas de agave, onde as larvas podem ser encontradas.
A temporada não tem sido muito boa e há poucas plantas de agave. O que pode explicar o preço da larva: cerca de US$ 100 (R$ 320) o quilo.
Os fundadores da Coalo Valley Farms acreditam que a criação de grilos e outros insetos possa ser o futuro do setor agrícola  (Foto: BBC)
Exclusividade x popularidade
A exclusividade do produto é parte do charme para consumidores mais exigentes.
Mas Spagnuolo acredita que a popularidade de seus produtos aumentará em breve, tornando exportações para a Europa, por exemplo, uma realidade.
Por enquanto, as leis não permitem exportação de insetos para consumo humano do México para o continente europeu.
"É como sushi. Há 20 anos, poucas pessoas na Europa achavam que não tinha problema comer peixe cru - agora, está em toda parte. Será o mesmo com insetos", explicou Spagnuolo.
De volta à Los Angeles, Elliot Mermel e o grupo de produtores da Coalo Valley Farm estão descobrindo que os clientes preferem os insetos sem as pernas e, frequentemente, moídos até virar pó.
Talvez a ideia de pedir um prato de insetos ou uma porção de grilos ainda é um passo muito grande para os consumidores que nunca tiveram por perto uma cultura de consumo de insetos.

É possível encontrar uma grande variedade de insetos e aracnídeos comestíveis no mercado de San Juan (Foto: BBC)
Fonte: G1 e BBC Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...