12 março 2016

Corpo de aluna da UnB morta pelo ex será enterrado neste sábado à tarde

O corpo da estudante Louise Ribeiro, morta pelo ex-namorado Vinicius Neres no laboratório de biologia da Universidade de Brasília, será enterrado neste sábado (12) às 17h no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, em Brasília. O velório começa ao meio-dia.
Louise foi dopada com clorofórmio e, depois de inconsciente, teve 200 ml do produto químico injetados por Neres na boca da estudante. O produto é tóxico e causa morte. Neres então prendeu os pés e as mãos da menina e enrolou o corpo dela em um colchão inflável. Ele levou o corpo da estudante no carro dela até uma área de cerrado no Setor de Clubes Norte e o deixou na mata.
Ele chegou a atear fogo nas costas da estudante. Ele voltou ao Instituto de Biologia da UnB, onde deixou o carro de Louise e voltou para casa de ônibus. Nesta sexta de manhã, ele foi preso depois de confessar o crime. Na delegacia, em entrevista, Neres disse não saber por que havia matado Louise. “Eu ainda não sei por que a matei”, afirmou. “Definitivamente, não foi pelo motivo de amor.”
O estudante Vinicius Neres no carro da polícia depois de indicar o local onde havia abandonado o corpo da ex-namorada, em Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
O estudante Vinicius Neres em carro da polícia depois de indicar o local onde havia abandonado o corpo da ex-namorada, em Brasília (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
A estudante de biologia da UnB Louise Ribeiro, que foi morta nesta quinta-feira (10) por um aluno do curso em um laboratório da universidade (Foto: Facebook/Reprodução)
Eles tiveram um relacionamento de nove meses, que terminou no final do ano passado. Ele disse que ainda era apaixonado pela estudante. Algemado, Neres deu detalhes do crime sem aparentar nervosismo. Ao ser perguntado se achava que tinha algum problema mental, afirmou que já havia pensado na hipótese. “Eu quis fazer um tratamento contra depressão, principalmente, mas nunca cheguei a fazê-lo. Então precisaria de uma avaliação.”
Eu ainda não sei por que a matei. Definitivamente, não foi pelo motivo de amor"
Vinicius Neres, preso após confessar ter matado a ex-namorada
Segundo a Polícia Civil, Vinicius Neres marcou um encontro com Louise no laboratório do Instituto de Biologia às 18h30 da quinta-feira (10). Durante a conversa, o estudante falou para ela que iria se matar. “Eu mostrei o produto que ia utilizar e falei que ia me suicidar. Ela tentou me impedir, gritou para outras pessoas chegarem ao laboratório.”
O delegado-chefe da Delegacia de Repressão a Sequestros (DRS), Leandro Ritt, afirmou que o rapaz alegou ter tido um "ataque de fúria" no momento em que a vítima foi abraçá-lo. Nesse momento ele a dopou com clorofórmio e cometeu o crime, disse.
O jovem foi autuado por homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, uso de substância química e por não dar chance de defesa à vítima) e ocultação de cadáver. Se condenado, ele pode pegar de 12 a 30 anos de prisão pelo homicídio e de 1 a 3 pela ocultação do cadáver.
Publicação em rede social sobre desaparecimento
de estudante da UnB (Foto: Facebook/Reprodução)

Aulas suspensas
A Universidade de Brasília (UnB) decretou nesta sexta-feira três dias de luto em todas as unidades acadêmicas e administrativas da instituição em razão do crime. Em nota, a UnB informou que se solidariza com os familiares da vítima e oferece apoio.
“A trágica perda da jovem aluna traz profunda dor à comunidade acadêmica e certamente deixa estarrecida a sociedade do Distrito Federal”, disse a nota divulgada pela Secretaria de Comunicação.
Professores, familiares, amigos e colegas da vítima vão se reunir em um ato de paz nesta segunda-feira (14), às 10h, no jardim central do Instituto de Biologia. O evento pretende homenagear a estudante assassinada e todas as mulheres.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...