05 março 2016

Taxista é morto a golpes de foices após discussão em Perdizes

Um taxista de 48 anos foi morto por um cliente a golpes de foice na madrugada deste sábado (5), na zona rural de Perdizes. Segundo o delegado da Polícia Civil, Waldemar Tassara, o crime foi motivado por um desentendimento pelo valor da corrida. Um trabalhador rural de 39 anos foi preso.
Segundo a polícia, o taxista foi chamado para levar o suspeito até uma fazenda. Ao chegar no local, os dois se desentenderam por conta do valor da corrida e o trabalhador matou o taxista com três golpes na cabeça. Ainda segundo o delegado, o homem contou que, após matar a vítima, amarrou o corpo pelos pés e o arrastou até uma horta nos fundos da casa.
Após o crime, o caseiro pediu ao primo que retirasse o táxi do local, já que ele mesmo não sabia dirigir. Foi o parente do suspeito que acionou a Polícia Militar (PM). "Por coincidência, o patrão é um policial militar. Ele mesmo fez o registro e prendeu o caseiro", destacou o delegado.
Caseiro disse que deu três golpes de foice na vítima (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Tassara contou ainda que o trabalhador já era cliente do taxista. Os valores das corridas sempre ficavam em torno de R$ 100. "Ele disse que o taxista cobrou R$ 120 desta vez. Ele conta ainda que quando já tinha acertado e entrado em casa, o taxista deu um chute na porta cobrando os R$ 20 que faltaram pela corrida. O caseiro disse que estava alterado porque bebeu quatro cervejas e assim ele pegou a foice que estava próximo a ele e cometeu o homicídio. Toda essa versão será apurada", completou o delegado.
O policial responsável pela propriedade e o primo do autor já foram ouvidos como testemunhas. O caseiro foi preso e será levado para o presídio de Araxá, onde ficará à disposição da Justiça.
O delegado contou também que o autor já tem passagem por homicídio. "Ele matou uma pessoa a pauladas, cumpriu pena de um ano, segundo ele, e foi solto", finalizou.
Perdizes, criminoso, morte, taxista (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...