15 julho 2016

Saiba quem era Mohamed Lahouaiej Bouhlel, o motorista que atacou multidão em Nice

O motorista que atacou uma multidão na noite de quinta-feira (14) era um tunisiano de 31 anos. A identidade do homem, que já tinha cometido pequenos crimes, foi encontrada na cabine do caminhão que ele utilizou para atropelar as pessoas que participavam da festa da queda da Bastilha. Ele foi morto por policiais após o ataque.
O homem, identificado por fontes da polícia francesa como Mohamed Lahouaiej Bouhlel, era da cidade tunisiana de Msaken, segundo a Reuters. Ele visitou o local pela última vez há quatro anos, disseram fontes da segurança da Tunísia nesta sexta-feira. Bouhlel era casado e tinha três filhos. As fontes não disseram quando ele residiu na Tunísia pela última vez.
Ainda segundo fontes policiais, a ex-mulher de Bouhlel foi detida nesta sexta-feira pelos investigadores franceses.
O procurador de Paris, François Molins, afirmou que uma arma de fogo e munição foram encontradas no caminhão usado no ataque. Até por volta de 12h30 ação não tinha sido reivindicada.
Esse foi foi o 2º ataque mais sangrento dos últimos 50 anos, segundo balanço divulgado pelo francês Le Monde. Em número de mortos, ele ficou atrás apenas da série de ataques de 13 de novembro de 2015.
Solitário e silencioso
Segundo a France Presse, ele foi descrito por seus vizinhos como "solitário" e "silencioso". Bouhlel não tinha a aparência de uma pessoa religiosa e frequentemente era visto de bermuda, conta Sébastien, um vizinho do edifício de quatro andares onde, nesta sexta-feira, foi realizada uma inspeção pelas forças de segurança.
Uma família numerosa, que também vive no mesmo prédio, afirmou que o jovem nunca os cumprimentava. No térreo, um vizinho chamado Anan disse que não confiava nele porque "olhava com muita insistência para suas duas filhas". Segundo a BBC, a residência de Bouhlel fica no bairro de Abattoirs, em Nice.
Forças de seguranças cercam área do ataque para a investigação em Nice, na França (Foto: Eric Gaillard/Reuters)

Dezenas de mortos
O ataque deixou 84 mortos e dezenas de feridos. O presidente francês, François Hollande, disse na quinta que o atentado tem "caráter terrorista". Ele anunciou que vai estender por três meses o estado de emergência no país e ampliar operações na Síria e no Iraque.
"Este ataque, cujo caráter terrorista não pode ser negado, é, uma vez mais, de uma violência absoluta", discursou.
O governo decretou luto por três dias. "A França foi atacada por essa nova tragédia, está horrorizada pelo que aconteceu, essa monstruosidade que consiste em utilizar um caminhão para matar, deliberadamente matar dezenas de pessoas que vieram simplesmente celebrar o 14 de Julho. A França chorou, está ferida, mas é forte, e sempre será mais forte que os fanáticos que a atacaram", disse Hollande.
Fonte: G1

Veja fotos e vídeos do atentado em Nice, na França, que vitimou 84 pessoas

Um caminhão atropelou diversas pessoas nesta quinta-feira (14) que estavam assistindo à queima de fogos em comemoração ao 14 de Julho, Dia da Bastilha, em Nice, no sul da França, matando dezenas.
O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, afirmou que 84 pessoas morreram e 18 estão em estado de "emergência absoluta", considerado muito grave.
O presidente francês, François Hollande, disse que o atentado tem "caráter terrorista". Ele anunciou que vai estender por três meses o estado de emergência no país e ampliar operações na Síria e no Iraque.
O gabinete da Procuradoria de Paris abriu investigação para apurar se o ataque foi mesmo terrorismo. Seria o terceiro ataque terrorista no país em um ano e meio.
O ataque aconteceu no Promenade des Anglais (Passeio dos Ingleses), uma avenida à beira-mar, por volta das 22h30 (17h30 em Brasília). O procurador de Nice, Jean-Michel Prêtre, disse que o veículo percorreu 2 km entre a multidão.
O Ministério do Interior francês confirmou que o motorista foi morto. A AP, citando como fonte o ex-prefeito de Nice e atual presidente da Metrópole Nice-Cote D'Azur, Christian Estrosi, afirmou que o caminhão estava cheio de armas e granadas.













O jornal "Nice Matin" disse que um de seus repórteres estava no local acompanhando a celebração e relatou que as pessoas correram em várias direções. O clima foi de pânico, já que ninguém sabia se era um acidente ou se o motorista atingiu as pessoas deliberadamente. Várias delas entraram no mar para se proteger.
Algumas testemunhas dizem que a polícia atirou contra o motorista para tentar impedir os atropelamentos e que "ocupantes" do veículo também atiraram, sem precisar quantas pessoas estariam no caminhão.
O governo francês ainda não divulgou a identidade do condutor e culpado pelas mortes, mas o Ministério do Interior confirmou que ele foi morto. Fontes policiais disseram que se trata de um franco-tunisiano de 31 anos morador de Nice, segundo a France Presse. O documento de identidade dele foi encontrado no interior do veículo.
Táxis que estavam na região transportaram gratuitamente pessoas que tentavam deixar o local logo após o caminhão avançar sobre a multidão.
A polícia montou um perímetro de isolamento e cercou o veículo. A prefeitura de Nice informou que a avenida permanecerá fechada nesta sexta-feira (15).
Marcas de tiros são vistas no vidro do caminhão que atropelou centenas de pessoas que celebravam o dia da queda da bastilha em Nice, na França, no dia seguinte do ataque. Mais de 80 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas.







Fonte: G1

Produtor de filme pornô em praia do Rio presta depoimento nesta sexta

O dono da produtora BM Vídeos, Brad Montana, responsável pela gravação de um filme pornô na Praia do Recreio, Zona Oeste do Rio, prestará depoimento na manhã desta sexta-feira (15) na 42ª DP (Recreio). A Polícia Civil instaurou um procedimento para apurar se houve crime de ato obsceno. As imagens da gravação de um filme pornô circulam por redes sociais.
A defesa da produtora que gravou um filme pornô na Praia do Recreio, Zona Oeste do Rio, vai alegar "liberdade artística". A informação foi antecipada pelo advogado Rafael Faria, responsável pelo caso.
O defensor admite que o local não foi isolado pela Prefeitura, mas que a praia foi escolhida justamente por ser "deserta".
"Só quem viu foram os curiosos que se aproximaram do espetáculo. A gente vai sustentar a liberdade artística como um todo", afirma Faria.
Segundo ele, a ideia da Associação de Moradores, que cogita processar a produtora, é "repudiosa". Ainda de acordo com o advogado, a "sociedade não foi ultrajada em nenhum momento".
Em entrevista ao G1 na quarta (13), Brad Montana se disse arrependido mas condenou o "preconceito e a hipocrisia" dos brasileiros.
“Hoje eu me arrependo de ter gravado, eu gostaria de ser reconhecido pela qualidade do meu trabalho. As pessoas que me conhecem sabem que eu sou uma pessoa de bem. Embora eu saiba que eu não tenha causado nenhum constrangimento, não gostaria que a imagem da minha cidade fosse vista dessa forma. Eu sou um cara coerente que não quis ofender ninguém", declarou na ocasião.
Polícia investiga ato obsceno de atores em filmagens no Rio (Foto: Reprodução/ Internet)
Polícia investiga caso
A Polícia Civil instaurou um procedimento nesta quarta para apurar se houve crime de ato obsceno na praia do Recreio durante a gravação das cenas. A 42ª DP (Recreio) ficou responsável pela investigação.
De acordo coma polícia, "as investigações estão em andamento e serão intimados para depor os atores envolvidos e representantes da produtora".

Ku Klux Klan volta a assombrar os EUA

Nascida das cinzas do derrotado Sul após a Guerra Civil Americana, a Ku Klux Klan ressurgiu antes de perder a luta contra os direitos civis nos anos 1960. Então, as inscrições minguaram, o grupo se dividiu e alguns de seus integrantes foram para a prisão por uma série de assassinatos de negros. Muitos presumiram que o fantasma do ódio e da violência, tinha morrido, mas a KKK, com também é conhecida, ainda está viva e sonha em retornar a ser o que outrora foi: um império invisível da supremacia branca que espalha seus tentáculos pela sociedade.
Aos 150 anos de existência, a Ku Klux Klan está tentando se reformar para uma nova era. Integrantes ainda se reúnem sob o céu estrelado no meio da noite para pôr fogo em cruzes, e panfletos da KKK apareceram em subúrbios desde o Sul até o Nordeste dos EUA. E algumas organizações independentes estão se juntando a grupos maiores para ganhar força.
— Vamos trabalhar por uma Klan unificada ou uma aliança — diz Brent Waller, “mago imperial”, um título de liderança, dos “Cavaleiros Brancos Unidos de Dixie”, no estado do Mississippi.
Em uma série de entrevistas à agência de notícias “Associated Press”, seus líderes afirmam considerar que a política nos EUA está indo ao seu encontro, com uma mentalidade nacionalista de “nós contra eles” ganhando terreno em toda nação. Eles apontam, por exemplo, que interromper ou limitar a imigração — um desejo da Klan que data dos anos 1920 — é uma causa maior do que nunca. E destacam ainda que as inscrições aumentaram neste fim do segundo mandato do presidente Barack Obama, embora poucos deles forneçam números.

Ódio. Integrantes da KKK queimam cruz e suástica nazista em ato pelo “orgulho branco” no estado da Geórgia em abril - AP/Mike Stewart
Se juntar à Klan é tão fácil quanto preencher um formulário — desde que você seja branco e cristão. Integrantes podem visitar uma loja on-line para comprar seus característicos roupões brancos de algodão por US$ 145, embora muitos se deem ao “luxo” de comprar a versão de US$ 165 feita de cetim.
Embora a Klan tenha aterrorizado minorias durante boa parte do século passado, seus líderes agora se apresentam ao público mais virulentos do que violentos. Lideranças de diversos grupos dizem ter regras contra a violência a não ser que seja em autodefesa, e mesmo opositores concordam que a KKK baixou o tom após vários membros irem para a prisão por ataques incendiários, espancamentos, atentados a bomba e tiros anos depois dos fatos terem ocorrido.
— Embora a Klan de hoje ainda esteja envolvida em atrocidades, ela não é de forma alguma tão violenta quanto a Klan dos anos 1960 — avalia Mark Potok, do Centro Legal para a Pobreza do Sul, grupo de advocacia que se dedica a acompanhar as atividades de organizações que considera extremistas. — Isso não significa, porém, que ela é um grupo benigno que não se engaja em violência política.
Hoje, alguns líderes da Klan falam com a imprensa abertamente, articulando planos ambiciosos que incluem construir força política. Alguns grupos fazem até convenções anuais para discutir estratégias que incluem eleger membros para cargos políticos locais e recrutar “sangue novo” via internet. É difícil calcular quanto integrantes tem a KKK nos EUA hoje, mas estimativas apontam para não mais de 6 mil, pouco frente os 2 milhões a 5 milhões que tinha nos anos 1920.
Fonte: O Globo

Google e Facebook têm mais dados que EUA, diz fundador do WikiLeaks

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, afirmou nesta quarta-feira (13) que o novo modelo de negócio mundial é o "capitalismo de vigilância" e que empresas de tecnologia, como o Google e o Facebook, recebem mais informações do que a Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA, na sigla em inglês).
Ainda abrigado na embaixada do Equador em Londres, onde está asilado desde 2012, Assange afirmou, em uma videoconferência, que, como a NSA acaba vigiando as empresas, a agência "se inteira igualmente" de todas as informações que elas recebem.
O ativista australiano participou do seminário internacional "Liberdade de Expressão, Direito à Comunicação Universal e Imprensa Plural para as Democracias do Mundo", que foi realizado em Santiago, parte da celebração dos 60 anos do Colégio de Jornalismo do Chile.
Assange também fez críticas ao Tratado Transpacífico (TPP, na sigla em inglês), uma aliança que busca reduzir as barreiras comerciais e que estabelece padrões comuns para os 12 países-membros, entre eles o Chile. "O TPP, o TISA e o TTIP são um triângulo que procura criar um bloco econômico para excluir a China e é uma resposta aos Brics [Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul]."
Sobre as pressões que recebeu após os diálogos diplomáticos sigilosos vazados pelo Wikileaks, Assange afirmou que não haverá uma reforma nos EUA para deter a vigilância em massa, mas que esse deveria ser um tema de interesse mundial.
"A quantidade de espionagem pode aumentar. O modelo de negócio é o capitalismo de vigilância", afirmou o fundador do Wikileaks, afirmando que essa espionagem é feita pelo próprio Google, com informações extraídas, por exemplo, do Gmail.
"Por exemplo, o Google está tentando dominar o transporte. Por que? Porque tem uma vantagem comparativa de mapas e imagens de satélites das ruas, pessoas com celulares sendo monitoradas pelo Google Search (mecanismo de busca)", explicou o ativista. Assange afirmou que isso pode ser exemplificado pelos acordos entre o Google e empresas militares que seguem a mesma lógica de rastreamento de informações.
Assange em foto desta sexta-feira (5), quando comissão da ONU proferiu posição favorável a ele  (Foto: Reuters/Peter Nicholls)
Fonte: G1

Mulher morre após tropeçar e cair 120 metros no Grand Canyon

Uma mulher morreu no Grand Canyon, no Arizona, pouco após postar uma foto no Instagram apreciando a paisagem. O acidente ocorreu na última sexta-feira, mas foi anunciado somente nesta semana.
Segundo a agência de notícias Associated Press, Colleen Burns, de 35 anos, estava tirando fotos do nascer do sol no Ooh Aah Point, um dos pontos mais turísticos do Parque Nacional do Grand Canyon. Quando ela se afastou para dar espaço a outra pessoa que desejava tirar uma fora, ela acidentalmente pisou fora da pista e caiu.
— Ela estava se afastando do caminho para que um homem passasse e, infelizmente, Colleen meio que tropeçou no seu próprio pé e caiu de costas no Canyon — disse Jessica Roman, que estava com Colleen no momento do acidente. — Foram os mais longos, estranhos e loucos dois segundos da minha vida.
Natural de Orlando, na Flórida, Colleen estava fazendo trilha com duas amigas. A morte foi anunciada na segunda-feira.
O incidente aconteceu quase duas semanas depois de um homem da Califórnia morrer ao cair da montanha no Parque Nacional.
Colleen Burns estava fazendo trilha com a família no Parque Nacional do Grand Canyon
Fonte: oglobo.globo.com

Madri autoriza o dia sem biquíni nas piscinas públicas

As piscinas públicas da capital espanhola terão este verão (no hemisfério norte) o Dia sem Roupa de Banho ou o Dia da Roupa de Banho Opcional, informa o jornal “El País”. A diretora-geral de Esportes, Verónica Rodríguez, enviou nesta terça-feira um e-mail aos 21 distritos de Madri autorizando que as piscinas municipais, se julgarem oportuno, adotem a medida.
A decisão atende a um pedido da Associação para o Desenvolvimento do Naturismo, ADN. E embora não seja a primeira vez que aconteça no país, não foi realizada no ano passado.
Esperanza Aguirre, porta-voz do Partido Popular no Conselho Municipal, criticou a ideia. Perguntando se haveria um “Dia sem Véu para as muçulmanas”, afirmou que o Agora Madri governa por slogans:
— É mais um disparate ao qual nos temos acostumado!
“O Dia sem Roupa de Banho” é uma invenção espanhola, comemorada no terceiro domingo de julho, explica Ismael Rodrigo, diretor-geral da ADN. Em Madri, só foi celebrado uma vez, em 2010, e somente em uma piscina.
— Estamos conversando com a piscina de Peñuelas, em Arganzuela, para celebrar a data este ano. Decidimos postergá-la para o dia 24 — contou Rodrigo a “El País”. — Pretendemos educar, transmitir nossos valores, inclusive cristãos. O corpo não tem nada de criminoso, e a melhor forma que encontramos de transmitir é esta, tentar não utilizar roupa quando ela não é necessária.
Fonte: oglobo.globo.com

Emmy 2016: 'Game of thrones' lidera indicações pelo quarto ano seguido

Os indicados ao Emmy Awards 2016 foram revelados na manhã desta quinta-feira (14) em um evento transmitido ao vivo pela internet, apresentado por Anthony Anderson, da série "black-ish", e por Lauren Graham, de "Gilmore Girls".
A série "Game of thrones" lidera pelo quarto ano seguido a premiação, concorrendo em 23 categorias. Além de Peter Dinklage, que já ganhou duas vezes, Kit Harington concorre a melhor ator coadjuvante em série dramática. Emilia Clarke foi indicada pela terceira vez, ao lado de Lena Headey e Maisie Williams, estreante na categoria melhor atriz coadjuvante em série dramática.
"The People v. O.J. Simpson: American Crime History" tem 22 indicações e "Fargo" ficou com 18. Das séries de comédia, "Veep" lidera com 17 indicações. O brasileiro Wagner Moura e a série "Narcos" ficaram de fora da lista de indicados de drama. Ele foi indicado ao Globo de Ouro, mas perdeu para Jon Hamm, de "Mad Men".
Em 2015, "Game of thrones" foi a grande vencedora, com 12 prêmios, incluindo o de melhor série dramática. A HBO é a emissora com mais indicações ao Emmy pelo 16º ano consecutivo, com 94 nomeações só nesta edição.
A 68ª edição do prêmio, voltado para as produções da televisão norte-americana, acontecerá no dia 18 de setembro no Microsoft Theater (antigo Nokia Theatre), em Los Angeles, nos Estados Unidos. Jimmy Kimmel será o apresentador da cerimônia.
Veja abaixo os principais indicados ao Emmy 2016 (a lista completa, com as categorias técnicas, pode ser vista no site oficial):
Cena de 'Game of thrones' (Foto: Divulgação/HBO)

Melhor série de comédia
"black-ish"
"Master of none"
"Modern Family"
"Silicon Valley"
"Transparent"
"Unbreakable Kimmy Schmidt"
"Veep"

Melhor série dramática
"The Americans"
"Better Call Saul"
"Downton Abbey"
"Game of thrones"
"Homeland"
"House of Cards"
"Mr. Robot"

Melhor ator em série dramática
Kyle Chandler, de "Bloodline"
Rami Malek, de "Mr. Robot"
Bob Odenkirk, de "Better Call Saul"
Matthew Rhys, de "The Americans"
Liev Schreiber, de "Ray Donovan"
Kevin Spacey, de "House of Cards"

Melhor atriz em série dramática
Claire Danes, de "Homeland"
Viola Davis, de "How to Get Away with Murder"
Taraji P. Henson, de "Empire"
Tatiana Maslany, de "Orphan Black"
Keri Russell, de "The Americans"
Robin Wright, de "House of Cards"

Melhor ator coadjuvante em série dramática
Jonathan Banks, de "Better Call Saul"
Ben Mendelsohn, de "Bloodline"
Peter Dinklage, de "Game of thrones"
Kit Harington, de "Game of thrones"
Michael Kelly, de "House of Cards"
Jon Voight, de "Ray Donovan"
Melhor atriz coadjuvante em série dramática
Maura Tierney, de "The Affair"
Maggie Smith, de "Downton Abbey"
Lena Headey, de "Game of thrones"
Emilia Clarke, de "Game of thrones"
Maisie Williams, de "Game of thrones"
Constance Zimmer, de "UnReal"
Melhor ator convidado em série dramática
Max von Sydow, de "Game of thrones"
Michael J. Fox, de "The good wife"
Reg E. Cathey, de "House of Cards"
Mahershala Ali, de "House of Cards"
Paul Sparks, de "House of Cards"
Hank Azaria, de "Ray Donovan"

Melhor atriz convidada em série dramática
Margo Martindale, de "The Americans"
Carrie Preston, de "The Good Wife"
Laurie Metcalf, de "Horace and Pete"
Ellen Burstyn, de "House of Cards"
Molly Parker, de "House of Cards"
Allison Janney, de "Masters of sex"

Melhor ator em série de comédia
Anthony Anderson, de "black-ish"
Aziz Ansari, de "Master of none"
Will Forte, de "The Last Man on Earth"
William H. Macy, de "Shameless"
Thomas Middleditch, de "Silicon Valley"
Jeffrey Tambor, de "Transparent"

Melhor atriz em série de comédia
Ellie Kemper, de "Unbreakable Kimmy Schmidt"
Julia Louis-Dreyfus, de "Veep"
Laurie Metcalf, de "Getting On"
Tracee Ellis Ross, de "black-ish"
Amy Schumer, de "Inside Amy Schumer"
Lily Tomlin, de "Grace and Frankie"

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia
Niecy Nash, de "Getting On"
Allison Janney, de "Mom"
Kate McKinnon, de "Saturday Night Live"
Judith Light, de "Transparent"
Gaby Hoffmann, de "Transparent"
Anna Chlumsky, de "Veep"

Melhor ator coadjuvante em série de comédia
Louie Anderson, de "Baskets"
Andre Braugher, de "Brooklyn Nine-Nine"
Keegan-Michael Key, de "Key & Peele"
Ty Burrell, de "Modern Family"
Tituss Burgess, de "Unbreakable Kimmy Schmidt"
Tony Hale, de "Veep"
Matt Walsh, de "Veep"

Melhor atriz convidada em série de comédia
Laurie Metcalf, de "The Big Bang Theory"
Christine Baranski, de "The Big Bang Theory"
Tina Fey, de "Saturday Night Live"
Melissa McCarthy, de "Saturday Night Live"
Amy Schumer, de "Saturday Night Live"
Melora Hardin, de "Transparent"

Melhor ator convidado em série de comédia
Bob Newhart, de "The Big Bang Theory"
Tracy Morgan, de "Saturday Night Live"
Larry David, de "Saturday Night Live"
Bradley Whitford, de "Transparent"
Martin Mull, de "Veep"
Peter MacNico, de "Veep"

Melhor série limitada (antiga categoria minissérie)
"American Crime"
"Fargo"
"The Night Manager"
"The People vs. O.J. Simpson: American Crime Story"
"Roots"

Melhor filme para TV
"A Very Murray Christmas"
"All the Way"
"Confirmation"
"Luther"
"Sherlock: The Abominable Bride"

Melhor atriz em série limitada ou filme para TV
Kirsten Dunst, de "Fargo"
Felicity Huffman, de "American Crime"
Audra McDonald, de "Lady Day at Emersons Bar and Grill"
Sarah Paulson, de "The People v. O.J. Simpson"
Lili Taylor, de "American Crime"
Kerry Washington, de "Confirmation"

Melhor ator em série limitada ou filme para TV
Byan Cranston, de "All the Way"
Benedict Cumberbatch, de "Sherlock: The Abominable Bride"
Idris Elba, de "Luther"
Cuba Gooding Jr, de "The People v OJ Simpson"
Tom Hiddleston, de "The Night Manager"
Courtney B Vance, de "The People v OJ Simpson"

Melhor ator coadjuvante em série limitada ou filme para TV
Jesse Plemons, de "Fargo"
Bokeem Woodbine, de "Fargo"
Hugh Laurie, de "The Night Manager"
Sterling K. Brown, de "The People v. O.J. Simpson: American Crime Story"
David Schwimmer, de "The People v. O.J. Simpson: American Crime Story"
John Travolta, de "The People v. O.J. Simpson: American Crime Story"

Melhor atriz coadjuvante em série limitada ou filme para TV
Melissa Leo, de "All The Way"
Regina King, de "American Crime"
Sarah Paulson, de "American Horror Story: Hotel"
Kathy Bates, de "American Horror Story: Hotel"
Jean Smart, de "Fargo"
Olivia Colman, de "The Night Manager"

Melhor reality show de competição
"The Amazing Race"
"American Ninja Warriors"
"Dancing With The Stars"
"Project Runway"
"Top Chef"
"The Voice"

Melhor série de variedades
"Comedians In Cars Getting Coffee"
"Jimmy Kimmel Live"
"Last Week Tonight"
"The Late Late Show Corden"
"Real Time Bill Maher"
"Tonight Show Fallow"
Anthony Anderson, Bruce Rosenblum e Lauren Graham anunciam os indicados ao 68º Emmy Awards (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)
Fonte: G1

Ouça a nova música de MC Carol, que critica a Operação Lava Jato e denuncia a violência policial

Em setembro passado, duas centenas de pessoas do Morro do Preventório queimaram três ônibus em Niterói. Pranteavam o conterrâneo Felipe de Oliveira Pinna, então com 25 anos, baleado por fuzil em uma operação da Polícia Militar na comunidade. Segundo familiares, ele voltava de consulta médica.
Indignação semelhante à dos manifestantes move a música de Carolina de Oliveira Lourenço, a MC Carol. Criada no Preventório, a funkeira conquistou dos bailes na favela às baladinhas universitárias com o feminismo de "Meu Namorado é o Maior Otário" e a denúncia do genocídio dos povos indígenas de "Não Foi Cabral".
Mantendo a verve crítica, a MC se debruçou sobre uma realidade que vê de perto em sua nova faixa, "Delação Premiada".
"É um funk proibidão, mas demos uma camuflada, porque eu não quero ser tachada como cantora de proibidão —quando os policiais pegam esses funkeiros, agridem, levam preso, às vezes matam", afirma Carol em entrevista à Folha.
Sobre uma batida de trap funk, ela dispara versos sobre casos de violência e abuso de poder por parte de policiais —"É negro e favelado/ Então tava de pistola"— e relembra casos que comoveram a opinião pública, como o desaparecimento do pedreiro Amarildo de Souza, levado a uma Unidade de Polícia Pacificadora em 2013 e nunca mais visto.
"O funk é uma libertação, uma forma do favelado se comunicar e mostrar o que acontece dentro da comunidade para as pessoas que não sabem. Quero contar coisas que acontecem lá todos os dias: um morador inocente que é morto, uma criança que leva uma bala na cabeça. Não são todos os casos que vão parar na televisão", diz a cantora.
LAVA JATO
O título da faixa é uma reprimenda à diferença de tratamento policial entre infratores da favela e criminosos de colarinho branco, em especial os investigados pela Operação Lava Jato.
"Você vê esses bandidos ricos [investigados da Lava Jato], eles muitas vezes nem são algemados, só colocam a mão para trás para entrar na viatura", critica. "Para o favelado abrir a boca, é choque e porrada. O rico, se falar a verdade, ganha recompensa. Delação premiada de pobre é tortura."
A funkeira também faz coro às críticas do afastamento da presidente Dilma Rousseff do cargo.
"O Brasil é um país corrupto desde a chegada de Cabral. Quem entra na Presidência, mesmo que seja honesto, não tem força para mudar nada de verdade. Eu espero que a Dilma volte. É a menos pior [da classe política]."
Fonte: www1.folha.uol.com.br/

Homem é executado dentro de seu veículo no centro de Nova Olímpia - PR

Depois de ser acionada para verificar uma situação de disparo provocado por arma no centro de Nova Olímpia, na noite desta quarta-feira (13), a Polícia Militar encontrou Valdinei Reducino, 35 anos, morto dentro de seu veículo, uma Saveiro.
As informações são preliminares, o caso ainda está sendo investigado, mas segundo policiais que atenderam a ocorrência, testemunhas teriam ouvido o som dos disparos e de uma moto no local.
Durante o recolhimento do corpo, a criminalística juntamente com Instituto Médico Legal (IML), constataram aproximadamente cinco perfurações provocadas por munição de calibre ainda não identificado. O fato dá indícios de uma execução.
Em breve mais informações...
Valdinei Reducino, 35 anos, foi morto dentro de seu veículo no centro de Nova Olímpia  Foto: Reprodução Facebook
Valdinei Reducino, 35 anos, foi morto dentro de seu veículo no centro de Nova Olímpia. 
Foto: Reprodução Facebook
Fonte: OBemdito

Polícia Militar encontra plantação de maconha em residência de Umuarama - PR

Ao verificar uma denúncia anônima, nesta quarta-feira (13), a Polícia Militar de Umuarama encontrou sete pés de maconha plantados em uma residência na rua São Luiz, em Umuarama. As informações constam na nota à imprensa.
Além das plantas, os policiais encontraram no interior da casa folhas e sementes de maconha, embalagens e porções do entorpecente beneficiado para a venda.
Os policiais militares também verificaram que o veículo Gol, placa KPB 5968, que estava estacionado em terreno ao lado da residência tinha registro de furto. O carro foi apreendido junto com três pessoas e encaminhados para a Delegacia.
Imagem meramente ilustrativa
Fonte: OBemdito

08 julho 2016

Próximo verão no Brasil será insuportável

O próximo verão promete ser um dos mais insuportáveis de todos os tempos no Brasil, com as temperaturas ultrapassando facilmente os 40ºC por vários dias seguidos nos locais tradicionalmente mais quentes, como Rio de Janeiro, Piauí e Tocantins. Segundo meteorologistas, os termômetros podem registrar calor até 4ºC acima da média.
E, diante de uma primavera que já teve dias de calor intenso em algumas regiões, muita gente já se prepara para o pior.
É que, pela primeira vez, se registra uma combinação inédita: a elevação da temperatura média do planeta por conta do aquecimento global e um fenômeno El Niño muito intenso.
De acordo com especialistas, o mundo já está 0,8ºC mais quente por conta do aquecimento global provocado pela ação humana. E tudo indica que 2015 deverá ser o ano mais quente já registrado.
Para piorar, a previsão para este ano é de que tenhamos um super El Niño, ou mesmo um El Niño monstro, como já vem sendo chamado; dos mais intensos já registrados.
O fenômeno está relacionado ao aquecimento das águas do Pacífico Sul e, em geral, à elevação das temperaturas globais. De acordo com a Organização Meteorológica Mundial, o EL Niño deste ano pode ser tornar um dos quatro mais quentes dos últimos 65 anos.
"Podemos esperar um verão mais quente, com temperaturas até quatro graus Celsius acima da média", diz o meteorologista José Antonio Marengo, coordenador-geral de Pesquisa e Desenvolvimento do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden).
"Isso ocorre por uma combinação de fatores: o aumento da temperatura por conta do aquecimento, as ilhas de calor das cidades e um El Niño intenso que estará em sua atividade máxima justamente em novembro, dezembro e janeiro."
Já no início de setembro, ainda no inverno, São Paulo registrou recordes de temperatura (Foto: Fernanda Carvalho / Fotos Públicas)
O climatologista Carlos Nobre, atualmente na presidência da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), diz que já é possível saber que o próximo verão será seco em várias partes da Amazônia e também registrará menos chuvas do que a média no Nordeste. O Sul do país, por sua vez, será castigado por chuvas mais intensas. A grande incógnita para os especialistas é o que acontecerá no Sudeste.
"O verão terá temperaturas mais altas no Sudeste, isso podemos dizer, por conta da influência do El Niño. Mas não dá para saber ainda como será o regime de chuvas", diz Nobre.
A estiagem registrada nos últimos dois anos - com graves consequências para os níveis dos reservatórios de água - pode agravar ainda mais o problema, se voltar a se repetir. Setembro foi de chuvas na região, mas, novamente, não há ainda como prever como será o próximo mês.
O Rio de Janeiro está entre as cidades com o verão mais quente do país, ao lado de Teresina, no Piauí, e Palmas, no Tocantins. E mesmo São Paulo, tradicionalmente mais frio, terá temperaturas mais altas.
"Na Europa, na onda de calor de 2003, mais de 30 mil mortes foram atribuídas ao calor", lembra Nobre. "E as temperaturas foram de três graus acima da média. Claro, eles lá não tinham muitos locais com ar-condicionado, nem estão adaptados ao calor, mas, ainda assim."
No Sul e no Sudeste, as cidades têm planos apenas para enchentes. No Nordeste, para a seca.
Mas, até agora, por incrível que pareça, nenhuma cidade brasileira tinha um plano emergencial para lidar com o calor. Pela primeira vez, o Centro de Operações da Prefeitura do Rio - que reúne diferentes secretarias e órgãos municipais com o objetivo de responder à emergências de forma integrada – elabora um plano para ondas de calor intenso, como as que atingiram recentemente a Índia e o Paquistão, deixando milhares de mortos.
"A falta de previsão é motivo para estarmos ainda mais preparados. Não podemos correr riscos, não podemos esperar duzentas pessoas morrerem para começarmos a agir", afirma o diretor do Instituto Pereira Passos, Sérgio Besserman, que integra a força-tarefa da Prefeitura.
Estiagem é fator complicador em meio às altas temperaturas (Foto: Rafael Neddemeyer/Fotos Públicas)
Leitos extras em hospitais, atendimento de emergência e campanhas públicas educativas incentivando a hidratação são algumas das medidas que fazem parte do plano de ação. As pessoas mais vulneráveis ao calor são os idosos e os bebês, cujos organismos têm menos capacidade de adaptação e defesa.
Segundo os especialistas, o maior problema do calor para a saúde não é o pico de temperatura mais elevada, mesmo que acima dos 40ºC. O grande risco é quando, ao longo de pelo menos três dias consecutivos, a temperatura máxima passa dos 36ºC e a mínima não cai abaixo dos 21ºC. Quando isso ocorre, o corpo não consegue se resfriar e tende ao superaquecimento, o que pode levar a paradas cardíacas e derrames.
Fonte: G1 e BBC Brasil

Hipopótamos, o curioso legado de Pablo Escobar para a Colômbia

Pablo Escobar deixou para a Colômbia um legado que tanto fascina, quanto causa preocupação: os hipopótamos de estimação criados pelo barão da cocaína há mais de 20 anos se converteram na maior população da espécie fora da África.
"Tenho mais medo das cobras do que dos hipopótamos. É como se fosse um mascote do povo", afirma à AFP Diego Alejandro Rojas, dando uma gargalhada.
Com uma lanterna, o adolescente ilumina o animal que pasta placidamente em um gramado próximo a alguns residências.
Na escuridão, só é visível por causa dos olhos, que quase se confundem com vaga-lumes.
Outros paquidermes como esse são vistos em Doradal, povoado localizado a 190 km de Medellín, a cidade onde Escobar montou seu quartel-general a sangue e a fogo no final dos 1980 e início dos anos 1990.
Alguns animais se aventuram, inclusive, a ultrapassar as portas do complexo. "Hoje saí para treinar futebol e, na frente do prédio, tinha um hipopótamo", conta Lina María Álvarez, de 12 anos, observando, tranquila, o alambrado instalado para conter a fuga dos paquidermes.
A comerciante Rosa González, de 57 anos, recorda quando topou com dos hipopótamos do traficante em junho passado.
"Nós nos trancamos em casa e o vimos passar. Foi a primeira vez que vi um deles nesta rua", afirmou.

Paraíso 
"Eles saem da Hacienda Nápoles pelo canal depois que a noite cai", explica Diego Alejandro, em alusão à outrora luxuosa propriedade de Escobar nos arredores de Doradal, uma propriedade que o traficante adquiriu em 1978: 2.000 hectares onde criou um zoológico de espécies exóticas.
David Echeverri, biólogo de Cornare, uma corporação regional de proteção ambiental que dispõe de fundos provenientes de bens confiscados de narcotraficantes, conta que "entre 1982 e 1984 quatro hipopótamos foram comprados de um zoológico da Califórnia" por Escobar.
Deixados à própria sorte na fazenda abandonada depois que Escobar foi morto pela polícia, em 1993, os hipopótamos se multiplicaram.
A maioria dos animais (flamingos, girafas, zebras, cangurus) foram vendidos a zoológicos, mas os hipopótamos ficaram.
"É o maior grupo de hipopótamos do mundo fora da África", ressalta Echeverri.
Hipopótamo é visto no parquet temático Hacienda Napoles, antigo zoo privado de Pablo Escobar, em Doradal, na Colômbia (Foto: Raul Arboleda/AFP)
"Reproduzem-se a cada dois anos, com apenas um filhote. Aqui para eles é um paraíso. Não têm predadores. Estão muito mais tranquilos que em seu habitat natural", acrescenta Jairo León Henao, um veterinário que trabalha com Echeverri.
Em Doradal muitos estão maravilhados. "Se uma pessoa não mexer com eles, são muito mansos. Estamos acostumados. No povoado estes animais são muito respeitados", afirma com tom afetuoso Mayerli Copete, de 21 anos.

Biodiversidade
Mas o número crescente preocupa os especialistas. "Nós calculamos que existem cerca de 35. Mas é difícil contar, porque quando eles veem você, mergulham e surgem em outro lugar", diz Echeverri às margens da lagoa da fazenda onde, sob o sol da manhã, alguns mostram o nariz e as orelhas.
"Eles vêm e vão. Podem andar de três a cinco quilômetros à noite, passam pela ravina de Doradal até o rio Magdalena", o principal da Colômbia. "Alguns apareceram até em Puerto Berrio, cerca de 150 km daqui", disse Henao.
Desde o ano passado, uma cerca foi instalado no perímetro preferido dos hipopótamos: 25 hectares no coração da propriedade. "A ideia é fechar a área com pedras, arame e limoeiros espinhosos", indicou Echeverri na frente da cerca que, em 18 meses, deve evitar fugas destes mamíferos que podem medir até três metros de comprimento e dois metros de altura.
Além do perigo de ataques, "representam um risco para a biodiversidade, deslocando a fauna nativa, como o peixe-boi, que já está em vias de extinção, ou a lontra, porque ocupam o mesmo espaço", diz o especialista.
Portadores de doenças que podem ser fatais para o gado, também são "um incômodo para a pesca, e poluem os rios porque defecam na água", acrescenta.

Como na África 
"Até agora, felizmente não atacaram ninguém", afirma o veterinário Henao, que aposta na esterilização para controlar a população, uma opção complicada.
"Não é tão fácil porque não se diferenciam os machos das fêmeas. Os testículos estão dentro, assim é preciso deitá-los e apalpar", explica.
Além das dificuldades, a cirurgia é cara. Apenas quatro foram castrados até hoje.
Os hipopótamos podem viver até 60 anos. Para Echeverri, a solução é assegurar uma boa alimentação "para que não se estressem e não saiam" da área estipulada. Além do capim natural, existe a previsão de distribuição diária de 200 kg de forragens.
Os hipopótamos são uma atração para os visitantes da Fazenda Nápoles, expropriada pelo Estado e repassada parcialmente a investidores privados, que fundaram um parque temático de 400 hectares.
A população local não esconde o fascínio.
"Parece que estamos na África. Somos privilegiados", comenta Clara Núñez, dona de casa de 48 anos.
Fazenda de Pablo Escobar vira 'parque' de hipopótamos na Colômbia (Foto: Leandra Felipe/G1)
Fonte: G1

Saiba quando será a estréia da segunda temporada de Sense8

Sense8 está prestes a voltar para a sua segunda temporada depois de ganhar o mundo e, principalmente, o Brasil, por ser o país que possui mais fãs da série em todo o mundo. Os astros da série até gravaram um vídeo com mensagens agradecendo o carinho dos brasileiros.
O seriado também teve cenas gravadas na Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que aconteceu no dia 29 de maio. Os atores Jamie Clayton (Nomi), Alfonso Herrera (Hernando), Miguél Angel Silvestre (Lito), Freema Agyeman (Amanita), Brian J. Smith (Will), Max Riemelt (Wolfgang), Tina Desai (Kala), Eréndira Ibarra (Daniela), Toby Onwumere (que agora interpreta o personagem Capheus), Donna Bae (Sun Bak) puderam sentir a paixão dos brasileiros mais de perto.
O elenco e a equipe de Sense8 e da Netflix compartilharam alguns detalhes interessantes sobre a próxima temporada em uma entrevista com o Buzzfeed. Os sensitivos irão aprender mais sobre as suas habilidades. Whispers continuarão a ser uma ameaça para cluster e novos personagens sombrios vão integrar o enredo.
A nova temporada realmente vai estrear perto do Natal, como Jamie Clayton (Naomi) havia mencionado anteriormente, e terá todos os episódios lançados no mês de janeiro, que é pra começar o ano com o pé direito.
Agora, vamos às previsões. Cuidado com os SPOILERS! Tina Desai falou sobre sua personagem, Kala:
Daqui para frente, ela vai ser capaz de contribuir mais. Porque agora, há mais sussurros nos caçando, enquanto nós estamos tentando, simultaneamente, caçá-los.
Jamie Clayton, deu a entender que veremos o cluster mais junto como um grupo e eles irão descobrir como usar seus poderes juntos. Além disso, parece que eles vão encontrar um mentor para ajudá-los a aprender mais sobre seus poderes e habilidades.
Max Riemelt falou exatamente o que a gente esperava:
Há mais sexo, mais violência, mais de tudo! Estamos ultrapassando os limites.
O jeito agora é esperar até o ano que vem para poder fazer aquela maratona e ver todos os episódios de uma só vez!
Fonte: Agambirra

Foto de pai dormindo sob o leito do filho doente no hospital viraliza

Um americano, morador da Pensilvânia, ficou conhecido nas redes sociais por causa de uma foto comovente. Na imagem, Andre Palmer aparece dormindo debaixo da cama do filho doente no hospital. As informações são da rede CBS.
O registro do pai dedicado foi postado pela mulher dele, Amy Palmer, no Facebook. Na legenda, ela rasga elogios ao marido e conta que mesmo cansado ele não deixou o filho sozinho um minuto.
"Essa é a imagem de um homem dedicado que trabalha duro pela família. Depois de trabalhar a noite inteira, ele está aqui com o filho no hospital. Ele está tão cansado, mas está aqui!! O título de pai do ano vai para Andre Palmer. Eu te amo mais do que as palavras podem expressar".
A foto viralizou nas redes sociais.
Andre Palmer dormindo sob o leito o filho doente
Fonte: http://extra.globo.com

07 julho 2016

Sétima temporada de Game of Thrones será adiada e não estreará em abril de 2017

A sétima temporada de Game of Thrones não estreará no mês de abril, como é de costume da série. A notícia foi dada pelos criadores e produtores executivos do seriado, D.B. Weiss e David Benioff, durante uma entrevista no podcast UFC Unfiltered.
Pode parecer até um teste com a ansiedade dos fãs, mas há um bom motivo por trás da decisão: a produção da série. "Estamos começando a filmar mais tarde neste ano, afinal, 'o inverno está aqui', o que significa que não há propósito em gravarmos mais no verão", afirmaram os produtores. "Então nós atrasamos toda a produção, de forma que possamos filmar no clima cinza e deprimente mesmo nos lugares que costumam ser mais ensolarados."
A decisão faz sentido já que, além de tudo, as próximas duas temporadas terão entre sete e oito episódios cada uma. Weiss e Benioff afirmam que ainda não há uma data certa de estreia, mas que será mais tarde ao longo de 2017. O inverno está chegando mesmo.
Fonte: Revista Galileu

Ossada humana é encontrada em canavial de Cidade Gaúcha - PR

Uma ossada encontrada em Cidade Gaúcha foi encaminhada, nessa quarta-feira (6), a Curitiba para exames. Antes disso, passou pela análise do médico legista Aldo Pesarini no Instituto Médico-Legal (IML) de Umuarama.
O crânio e demais ossos foram localizados em um canavial na terça-feira (5), após a queima da palha realizada entre Cidade Gaúcha e Nova Olímpia. O material foi recolhido e entregue à Polícia Civil, que acionou o IML de Umuarama.
“Nós analisamos preliminarmente a ossada, embalamos e enviamos para a Antropologia Forense em Curitiba”, contou o legista. Com os exames, o objetivo é descobrir se trata-se de um homem ou mulher, o tempo que ficou no local e também a causa da morte.
O médico Aldo Pesarini explicou que o estado da ossada indica que a pessoa já morreu há mais de três meses. Duas possibilidades são inicialmente investigadas pela polícia. A primeira de um desaparecido há seis meses em Nova Olímpia, conhecido como Polaco.
Já a segunda hipótese pode levar a um homem que teria sido vítima de um latrocínio durante o roubo de seu veículo.
Fonte: Massa News

04 julho 2016

Estudantes que fumam maconha fracassam na escola

Os adolescentes que fumam regularmente maconha estão muito mais expostos ao fracasso escolar que os outros, segundo os resultados de um estudo publicados nesta quarta-feira na revista médica "The Lancet Psychiatry". Os adolescentes de menos de 17 anos que fumam maconha todos os dias correm 60% a mais de riscos de não concluir o ensino médio do que aqueles que nunca fumaram a substância.
Além disso, aqueles que fumam diariamente têm sete vezes mais riscos de uma tentativa de cometer suicídio e oito vezes mais riscos de utilizar outras drogas posteriormente, destaca o estudo.
"Estes resultados aparecem no momento oportuno, já que vários estados americanos e países da América Latina tomaram o caminho da descriminalização da maconha, o que poderia tornar mais fácil para os jovens o acesso a esta droga", afirmou Richard Mattick, da Universidade de Nova Gales do Sul (Austrália), um dos autores da pesquisa.
A maconha é a droga ilegal mais consumida no mundo. Estatísticas recentes indicam que em alguns países os jovens começam a usar a substância cada vez mais cedo. O estudo publicado na revista "The Lancet" tem como base dados obtidos por três pesquisas entre jovens da Austrália e Nova Zelândia.
Os cientistas tentaram traçar um paralelo da frequência do consumo de maconha entre os jovens com menos de 17 anos e seus comportamentos na vida posteriormente. Os critérios usados foram o êxito escolar, o uso de drogas ilegais, dependência da maconha, a depressão e as tentativas de suicídio.
Uma relação "clara e consistente" foi encontrada entre a frequência da utilização da maconha antes dos 17 anos e a maioria dos critérios citados, destaca a "Lancet".
Para o doutor Edmund Silins, outro autor do estudo, os resultados demonstram "de maneira evidente" que a luta contra o consumo precoce da maconha entre os jovens representa "importantes benefícios em termos sociais e de saúde".
Fonte: G1

Filhote de foca morre após ser levado para casa por banhista

A morte de um bebê foca chocou a internet neste último fim de semana após divulgação da notícia pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês).
Segundo publicação da Administração, o animal morreu ao ser levado por uma banhista em uma sacola plástica para a casa. A foca foi encontrada em uma praia de Westport (Washington, EUA). 
“Ela chegou em casa e percebeu que não sabia o que fazer ou como cuidar do animal“, disse Michael Milstein, funcionário da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) à ABC News.
A mulher, ao ver que o animal não estava bem, ligou para o aquário local. Os especialistas encontraram o animal ainda vivo, mas em condições precárias. Sem melhoras, foi submetido à eutanásia.
O caso aconteceu em maio deste ano, mas só foi divulgado na última quinta-feira (28/6) depois que a ONG Seal Sitters, de proteção à vida marinha, iniciou uma campanha para que as pessoas não perturbem animais que estejam na praia.
Marc Myrsell/Aquário de Westport
Fonte: Metrópoles

Mãe processa filho por ele ter morrido em acidente de carro

Uma mulher pegou os juízes da Suprema Corte da Austrália de surpresa. Segundo o jornal Herald Sun, Iman Homsi, 50 anos, processou o próprio filho após ele ter morrido em um acidente de carro.
Mahmoud Homsi, de 26 anos, morreu em 2010 após invadir uma pista e colidir com um carro em uma estrada de Melbourne, na Austrália. De acordo com a ocorrência, ele dirigia a 90 km/h em um local cuja velocidade máxima era de 60 km/h. Além dele, uma menina de três anos, que estava a bordo do outro carro, também faleceu. Homsi foi considerado culpado pelo acidente.
Para justificar o pedido de indenização, Iman alegou que nunca mais conseguiu trabalhar após a morte do filho. Apesar das acusações, a Suprema Corte da Austrália decidiu não dar prosseguimento ao caso. “Iman não estava na cena do acidente Ela não testemunhou a morte do filho, por isso não foi uma vítima imediata”, afirmou um juiz.
À publicação, o juiz explicou que não há lei para casos em que alguém causa lesões psiquiátricas em outra pessoa por morrer.
Reprodução/Herald Sun
Fonte: Metrópoles

Mark Zuckerberg causa polêmica ao construir um muro na ilha de Kauai

Um projeto - arquitetônico, não corporativo - de Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, está causando polêmica em uma ilha do Havaí.
A ampliação deste muro ao redor da propriedade de Zuckerberg no Havaí pode ser vista nesta foto do Google Street ViewFoto: Google Street View
Zuckerberg está construindo um muro de pedra de quase dois metros de altura em volta de uma propriedade que comprou na ilha de Kauai, a quarta maior do arquipélago, também conhecida como "ilha jardim".
O terreno, de 240 hectares (cerca de 2,4 quilômetros quadrados), foi comprado em 2014 e inclui a praia, uma antiga plantação de cana-de-açúcar e uma granja orgânica.
A polêmica é porque o muro que está sendo construído em torno da terra estaria bloqueando a vista para a praia.
"É triste que alguém venha, compre uma extensão enorme de terra e a primeira coisa que faça seja bloquear a vista que esta comunidade tem há anos", disse um morador da ilha, Gy Hall, ao jornal local TGI .
Ainda não se sabe qual será a extensão total do muro de Zuckerberg, pois a construção começou há apenas algumas semanas.

Sem brisa
Os vizinhos do muro já se manifestaram contra a construção.
"Estou superinfeliz com isto. Sei que a terra pertence a Zuckerberg. Dinheiro não é problema para ele. Sou mais baixa que o muro e quando vou caminhar não vejo mais do que uma parede", disse Donna Mcmillen, que mora perto da propriedade do fundador do Facebook.
Shosana Chantara, que também é vizinha da construção, afirma que o muro já prejudicou a circulação do ar. "Faz calor atrás desta parede. Como está em um aterro, a brisa do mar não sopra", acrescentou.
De acordo com o jornal, alguns moradores já pregaram cartazes e bilhetes no muro, pedindo sua derrubada. Outros escreveram ao próprio Zuckerberg, mas ainda não obtiveram resposta.
Outro vizinho ouvido pelo TGI não acha o muro tão ruim. Thomas Beebe vive ao lado do terreno comprado por Zuckerberg e disse que o muro é uma "atração".
"Quando o inventor do Facebook comprou mais de 700 acres em Kauai, há dois anos, o moradores ficaram nervosos", escreveu este usuário do Instagram que publicou uma foto do muroFoto: Instagram
Brian Catlin, entrevistado pelo jornal britânico The Daily Mail , disse que Zuckerberg pagou "muito dinheiro (pelo terreno) e, por isso, pode fazer o que quiser".

Ruído
Shawn Smith, porta-voz do projeto, enviou uma declaração por escrito a vários meios de comunicação, na qual afirmou que este tipo de construção "geralmente é usado como uma barreira de som para reduzir o ruído das ruas e este é seu propósito principal".
"A barreira segue todos os regulamentos e regulamentações e nossa equipe está comprometida em garantir que qualquer desenvolvimento respeite a paisagem local e o meio ambiente, e que os vizinhos sejam levados em conta", acrescentou.
A BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, entrou em contato diretamente com o Facebook e com a companhia que gerencia suas relações públicas no Reino Unido. Não houve resposta ao primeiro pedido. À segunda solicitação, a resposta foi que a companhia "não tem nenhum comentário a respeito".
Entretanto, blogueiros, revistas e sites especializados em tecnologia não deixaram de lembrar palavras do fundador do Facebook em outro contexto.

"Ouço vozes assustadoras que pedem a construção de muros e que nos distanciemos de pessoas a quem chamam de 'os outros'", afirmou Zuckerberg em abril, em uma alusão aos planos do virtual candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, de construir um muro na fronteira com o México.
"Mark Zuckerberg realmente, realmente ama os muros", disse o Gizmodo.
Fonte: BBC Brasil e Terra

Ouça as gravações originais da garota possuída que originou o filme 'Invocação do Mal 2'

A Warner Bros. do Brasil divulgou um novo vídeo promocional de ‘Invocação do Mal 2‘, que traz as gravações originais dos Warrens sobre o caso de possessão.
Ouça:
O filme ganhará um spin-off focado da Freira Demoníaca Valak, intitulado ‘The Nun‘ (‘A Freira’).
Uma curiosidade é que a Freira Demoníaca Valak não existia há três meses: ela só foi adicionada em ‘Invocação do Mal 2’ durante as refilmagens de última hora. O filme, que traz Patrick Wilson e Vera Farmiga como investigadores paranormais, tinha como antagonista uma figura demoníaca masculina com chifres.
O estúdio estava pronto para liberar essa versão, mas no último minuto, Wan teve uma revelação e decidiu reeditar o filme. Ele havia sonhado com uma freira demônio, e decidiu trocar o vilão do filme.
invocacaodomal2_6
Fonte: Cinepop

Químicos descobrem novo tom de azul sem querer

Em 2009, uma experiência feita por químicos na Universidade Estadual de Oregon, Estados Unidos, fez com que um novo tom de azul fosse criado por acidente. Agora, pela primeira vez, o tom está sendo desenvolvido como tinta para artistas do mundo todo. Sucesso!
Tudo começou quando os pesquisadores estavam tentando desenvolver compostos com novas propriedades eletrônicas ao misturar óxido de manganês com outros produtos químicos e aquecendo a mistura à 1.100 graus.
“Basicamente, isso foi uma descoberta acidental. Nosso trabalho não tinha nada a ver com achar um novo pigmento“, disse o professor Mas Subramanian. “Um dia, um estudante graduado que estava trabalhando em um projeto pegou algumas amostras de um forno bem quente enquanto eu passava do lado, e elas eram azuis, um azul muito bonito. Eu me toquei na hora que algo incrível tinha acontecido“, continuou.
A boa notícia é que o novo azul, chamado “azul YInMn“, é mais barato, menos propenso a desbotar e não é venenoso (já que alguns tons podem vazar cianeto e ser carcinogênicos).
Fonte: http://br.eonline.com

Bandidos explodem três agências bancárias de Tapira - PR

Três agências bancárias de Tapira, no noroeste do Paraná, foram destruídas por explosivos na madrugada desta segunda-feira (4). De acordo com a Polícia Militar (PM), todos os caixas eletrônicos de bancos da cidade de 5.851 habitantes foram danificados.
Uma avenida da cidade está interditada porque há suspeita de que foram deixadas algumas bananas de dinamite nos locais. A PM informou que a ação dos criminosos ocorreu por volta das 3h. Nenhum dos suspeitos foi localizado até as 10h.
O esquadrão antibombas da Polícia Militar está seguindo para Tapira para desativar os explosivos deixados pelos suspeitos.

Fonte: G1

Site oficial da Prefeitura Municipal de Cidade Gaúcha - PR suspende publicações

Nos últimos anos, os eleitores de Cidade Gaúcha puderam acompanhar as obras que foram realizadas na cidade por meio do site oficial do município. Mas com o novo período eleitoral se aproximando, todas as publicações foram retiradas do ar. Através de um comunicado, a ação foi esclarecida:

A Prefeitura de Cidade Gaúcha informa a população que não publicará mais conteúdo em sua página na internet até o encerramento do Período Eleitoral.
Essa medida foi realizada para atender à Legislação Eleitoral (Lei nº 9504/97, artigo 73,VI,b), que estabelece várias restrições sobre a divulgação de atos do poder público nesse período.
No entanto, continuaremos sempre à disposição de nossa cidade e nossa população.
Atenciosamente Prefeitura Municipal de Cidade Gaúcha.
Prefeito Alexandre Lucena e Vice Juvení.

Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

    VI - nos três meses que antecedem o pleito:

        a) realizar transferência voluntária de recursos da União aos Estados e Municípios, e dos Estados aos Municípios, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados os recursos destinados a cumprir obrigação formal preexistente para execução de obra ou serviço em andamento e com cronograma prefixado, e os destinados a atender situações de emergência e de calamidade pública;

        b) com exceção da propaganda de produtos e serviços que tenham concorrência no mercado, autorizar publicidade institucional dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos federais, estaduais ou municipais, ou das respectivas entidades da administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade pública, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral;
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...